Biblioterapia: estudo comparativo das práticas biblioterápicas brasileiras e norte- americanas.

  • Andréa Pereira Santos Universidade Federal de Goiás
  • Rubem Borges Teixeira Ramos Universidade Federal de Goiás
  • Thais Caroline Silva Sousa Universidade Federal de Goiás

Resumo

A biblioterapia é um processo de leitura que auxilia as pessoas a controlarem seus sentimentos e assim buscarem estratégias para resolver seus problemas tanto de ordem psicológica quanto física. A partir dessa afirmação e sabendo da necessidade de aprofundamento nessa área, apresentamos uma revisão de literatura sobre o tema no contexto nacional e norte-americano. Buscamos apresentar uma breve descrição do processo de leitura, em especial da leitura terapêutica e de sua aplicação nas práticas biblioterapêuticas. No Brasil, os projetos de biblioterapia revelaram práticas voltadas para a leitura de livros, música, desenhos e outros instrumentos em escolas, asilos, hospitais, etc. Os norte-americanos utilizaram como instrumento em seus projetos fundamentalmente a leitura de livros. Percebe-se que a biblioterapia possui resultados positivos nos dois países. Concluímos que a prática da biblioterapia contribui para melhorar a qualidade de vida.

Palavras-chave: Biblioterapia. Leitura terapêutica. Projetos de biblioterapia. Biblioterapia brasileira e norte-americana. Revisão de literatura.

Link: https://www.reciis.icict.fiocruz.br/index.php/reciis/article/view/1072

Biografia do Autor

Andréa Pereira Santos, Universidade Federal de Goiás

Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, Brasil.

Rubem Borges Teixeira Ramos, Universidade Federal de Goiás
Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, Brasil.
Thais Caroline Silva Sousa, Universidade Federal de Goiás
Universidade Federal de Goiás, Goiânia, Goiás, Brasil.
Publicado
2017-10-23
Seção
Resumos de artigos científicos