Redes de bibliotecas escolares no Brasil: estudos de caso em sistemas municipais de ensino

  • Rubeniki Fernandes de Limas
  • Bernadete Santos Campello

Resumo

O objetivo da pesquisa foi compreender o funcionamento de redes de bibliotecas escolares sob aspectos estratégicos. Os procedimentos metodológicos foram qualitativos. Utilizou-se estudo de casos múltiplos, com amostra de três redes em funcionamento. A coleta de dados foi feita por meio de pesquisa documental e entrevistas com coordenadores de redes. Os resultados demonstram que o diferencial das redes analisadas, ainda que se identifiquem problemas a serem superados, encontram-se na maior consolidação de aspectos como: concepção de biblioteca, apoio em legislação, dotação orçamentária, existência na estrutura administrativa, profissionalização e inserção em políticas públicas. Conclui que as redes representam um movimento de “setorização” e profissionalização da biblioteca escolar. Espera-se que os resultados possibilitem uma compreensão mais ampla do panorama atual, além de servir de base para estudos mais aprofundados em alguns pontos ou mesmo inspirar a modelagem de novas redes de bibliotecas.

Palavras-chave: Redes de bibliotecas; Bibliotecas escolares; Cooperação bibliotecária.
Link: https://www.revistas.usp.br/berev/article/view/113284 

Biografia do Autor

Rubeniki Fernandes de Limas
Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federalde Minas Gerais – UFMG.Bibliotecário da Procuradoria da República do Ministério Público Federal no Espírito Santo.
Bernadete Santos Campello
Doutora em Ciência da Informaçãopela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.Professora titular da Escola de Ciência da Informação da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG.
Publicado
2017-11-23
Seção
Resumos de artigos científicos