A ação cultural nas bibliotecas e sua dimensão para a sociedade do século XXI

  • Criselen Jarabiza Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ)
  • Carla Rosane Tavares da Silva Alves Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

Resumo

Resumo: Este texto objetiva discutir a ação cultural em uma perspectiva emancipatória, convergindo as discussões para os estudos culturais, sociedade da informação, era da cibercultura e do ciberespaço, interligando o ambiente físico e digital. Também tem como objetivo verificar se os cursos de Biblioteconomia do Rio Grande do Sul estão preparando os futuros bibliotecários para atuarem como agentes culturais. A metodologia utilizada nesta pesquisa é de abordagem qualitativa, do tipo exploratório, de caráter bibliográfico e análise documental das matrizes curriculares dos cursos de Biblioteconomia do RS. Foi constatado que as cinco instituições estão ofertando a disciplina de ação cultural, mesmo que com denominações diferentes. Assim, chegou-se à conclusão de que há uma visão por parte dos cursos pesquisados a respeito da necessidade da disciplina para a formação do futuro bibliotecário, e as ações culturais podem ser realizadas e publicizadas, utilizando-se das tecnologias da informação e comunicação.

Palavras-chave: Ação cultural. Bibliotecas. Cibercultura. Currículo.

Link:https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1308/pdf

Biografia do Autor

Criselen Jarabiza, Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ)
Mestranda em Práticas Socioculturais e Desenvolvimento Social pela Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ).
Carla Rosane Tavares da Silva Alves, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
Doutora em Letras pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).
Publicado
2017-11-23
Seção
Resumos de artigos científicos