Competência em informação e desinformação: critérios de avaliação do conteúdo das fontes de informação

Autores

  • Marianna Zattar UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2018v13n1.39213

Resumo

Apresenta as principais estratégias para avaliação dos conteúdos das fontes de informação. Utiliza as noções de competência em informação (American Library Association e Dudziak), fontes de informação (Cunha e Tomáel) e desinformação (Fallis e Volkoff) para o desenvolvimento do referencial teórico. Indica a metodologia exploratória a partir de uma revisão de literatura orientada para que o problema apresentado seja mais explícito no campo de estudos da informação. Apresenta como resultados a indicação de três critérios para avaliação de fontes de informação para que sejam evitados os compartilhamentos e usos de desinformações (e seus respectivos impactos negativos) na prática informacional. Por fim, evidencia que a necessidade de avaliação é essencial para a solidariedade na produção e para o uso crítico e ético da informação.

Palavras-chave: Competência em Informação. Fontes de Informação. Desinformação.

Link: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/4075/3385 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marianna Zattar, UFRJ

Doutora em Ciência da Informação pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) em convênio com a Escola de Comunicação (ECO) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) no Curso de Biblioteconomia e Gestão de Unidades de Informação (CBG) da Faculdade Administração e Ciências Contábeis (FACC) do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE).

Publicado

2018-05-07

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos