O papel das máquinas sociais na formação de opinião em rede

Autores

  • Célio Andrade Santana Junior UFPE
  • Camila Oliveira Lima UFPE

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2018v13n1.39218

Resumo

Trata-se de uma reflexão sobre a existência de máquinas (software) atuantes na internet que têm como principais objetivos influenciar opiniões, induzir comportamentos e até mesmo modificar hábitos dos usuários (humanos) na rede. Para tanto, faz-se necessário analisar a conjuntura atual da internet considerando os bots e descrever alguns fatos, envolvendo tais máquinas, que já ocorreram em rede. A reflexão foi baseada em uma pesquisa bibliográfica e apresenta como resultado a constatação de que os bots já participam, de maneira autônoma, tanto quanto os seres humanos na internet, e que eles utilizam as informações disponíveis em rede para influenciar seres humanos a adotar hábitos em rede que são de interesses de terceiros. Para tanto, as máquinas já estabelecem regimes de informação próprios e participam de maneira considerável dos círculos de proximidade de usuários humanos. Dessa forma, desconsiderar os bots dos fluxos informacionais existentes na internet significa ignorar quase metade da atividade em rede, o que os deixa em uma situação de protagonismo nas relações em rede.

Palavras-chave: Máquinas Sociais. Web 3.0. Internet de Tudo.

Link: http://revista.ibict.br/liinc/article/view/3940/3389

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Célio Andrade Santana Junior, UFPE

Doutor em Ciência da Computação pela UFPE. Professor Adjunto da Universidade Federal de Pernambuco e Membro do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI - UFPE).

Camila Oliveira Lima, UFPE

Mestre em Ciência da Informação pela UFPE.

Publicado

2018-05-07

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos