Domínio, crise e emergência de paradigmas: discursos sobre as Ciências na Ciência da Informação

Autores

  • Marivalde Moacir Francelin Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2018v13n1.39226

Resumo

Apresenta e analisa os principais eventos que caracterizaram os chamados paradigmas dominantes, paradigmas em crise e paradigmas emergentes. Identifica e discute a presença e os pontos de vista sobre esses paradigmas na Ciência da Informação. O objeto, inicialmente selecionado, é o contexto que discursa sobre a ciência. Paradigmas dominantes, revoluções científicas, crise dos paradigmas e paradigmas emergentes são os principais temas desse discurso. O artigo pergunta sobre a forma como esses temas são apresentados na Ciência da Informação. Contextualiza a pergunta de pesquisa na presença do livro Um discurso sobre as ciências na área. Parte da hipótese de que a literatura da área objetiva apresentar alguns dos paradigmas emergentes, sem especificar a questão do senso comum. Pesquisa exploratória e reflexiva, baseada em revisão bibliográfica. O artigo contribui para refletir sobre as propostas dos paradigmas emergentes no contexto de uma ciência pós-moderna.

Palavras-chave: Ciência da Informação. Paradigmas dominantes. Revoluções Científicas. Crise dos paradigmas. Paradigmas emergentes. Senso Comum

Link: http://www.seer.ufal.br/index.php/cir/article/view/3575/2670

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marivalde Moacir Francelin, Universidade de São Paulo

Universidade de São Paulo

Publicado

2018-05-07

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos