Aplicação do percurso temático e figurativo em literatura de cordel

Autores

  • Charlene Maria dos Santos Universidade Federal de Pernambuco
  • Fabio Assis Pinho Universidade Federal de Pernambuco.

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2018v13n1.39374

Resumo

Esta é uma pesquisa sobre representação temática de folhetos de cordel, utilizando a o Percurso Gerativo de Sentido e seus processos. O objetivo geral é propor a aplicação da análise de assunto - leitura técnica e extração de conceitos - em cordéis de J. Borges, com base nos procedimentos semânticos de tematização e figurativização do percurso gerativo de sentido. Trata-se de uma pesquisa do tipo documental com abordagem qualitativa, tendo como lócus, o Memorial J. Borges. O corpus da pesquisa foi constituído por 10 títulos de cordéis, dos 48 títulos disponíveis no Memorial, tendo como critério de escolha, as obras mais citadas de J. Borges, nos diferentes meios de comunicação. A análise dos cordéis escolhidos foi realizada da seguinte forma: a) leitura integral dos cordéis; b) identificação das figuras; c) reprodução da sextilha, setilha ou décima onde a figura foi identificada, no quadro referente à obra; d) enquadramento da figura ao tema pertinente. Os resultados apontam que a utilização dos procedimentos de tematização e figurativização do percurso gerativo de sentido em conjunto com a análise de assunto, possibilitou resultados satisfatórios nas ações de leitura técnica e extração de conceitos que, por sua vez, trará eficiência e qualidade no processo da representação temática.

Palavras-chave: Semântica Discursiva. Percurso Temático e Figurativo. Organização do Conhecimento. Cordel.

Link: http://revista.ibict.br/fiinf/article/view/4004/3336 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Charlene Maria dos Santos, Universidade Federal de Pernambuco

Bibliotecária e Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal de Pernambuco.

Fabio Assis Pinho, Universidade Federal de Pernambuco.

Doutor em Ciência da Informação pela UNESP. Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Pernambuco.

Publicado

2018-06-28

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos