A trajetória das escolas de Biblioteconomia no Brasil

Autores

  • Maria Vanessa do Nascimento UFCA
  • Gracy Kelli Martins UFCA

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2018v13n1.39422

Resumo

Trata-se de uma pesquisa descritiva, de natureza qualiquantitativa, realizada entre os meses de outubro de 2016 e abril de 2017, tendo como principal fonte de dados o acervo digital da Biblioteca Nacional e o sistema e-MEC, do Ministério da Educação. Procurou-se expor, a partir do levantamento dos dados, uma breve contextualização histórica do ensino de Biblioteconomia, sua institucionalização no país e o atual cenário, com o objetivo de identificar qual o perfil dos cursos brasileiros. Para o alcance do objetivo principal, foi realizada uma pesquisa documental evidenciando o quadro atual de expansão de cursos de graduação em Biblioteconomia, afim de verificar aspectos tais como: cursos presenciais ou à distância, oferta em instituições públicas ou privadas e a distribuição dos cursos no território nacional. Com base nos dados sistematizados e analisados pode-se evidenciar que, prioritariamente, o curso é ofertado em instituições públicas, contribuindo para a formação profissional via ensino público e a distribuição das escolas de Biblioteconomia pelo país apresenta maior concentração nas regiões Sudeste e Nordeste.

Palavras-chave: Escolas de Biblioteconomia. História do Ensino de Biblioteconomia. Formação Profissional.

Link: http://abecin.org.br/portalderevistas/index.php/rebecin/article/view/90/pdf

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Vanessa do Nascimento, UFCA

UFCA

Gracy Kelli Martins, UFCA

UFCA

Publicado

2018-06-28

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos