Marketing da informação entre o ambiente religioso e do mercado

  • Fernando Antônio Antunes Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais
  • Luís Roberto Sousa Mendes Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)

Resumo

A expansão das igrejas evangélicas no Brasil tem chamado a atenção de diversos setores da sociedade. O país que, tradicionalmente, é de maioria católica, vem percebendo o declínio desta religião nos últimos 50 anos. Dado que estas igrejas evangélicas têm crescido, entende-se ser importante que técnicas administrativas e mercadológicas sejam utilizadas para lhes garantir sobrevivência no mercado. Este crescimento proporciona, também, a concorrência entre as denominações. Assim é quase impossível se manterem abertas sem que estas organizações sejam gerenciadas como verdadeiras empresas. A proposta deste trabalho é a discussão teórica dos temas tratados pela ciência da administração e confrontar estas teorias com os dados do crescimento evangélico pentecostal especificamente na região Noroeste de Minas Gerais. Para a realização desta pesquisa foram utilizados como fonte os levantamentos dos censos demográficos oficiais do IBGE dos anos de 2000 e 2010. Para o fechamento deste estudo, houve a confrontação dos resultados obtidos com as teorias estudadas a fim de se estabelecer uma análise do crescimento das denominações evangélicas na região objeto do estudo.

Palavras-chave: Marketing da informação. Competitividade. Estratégia Organizacional. Organizações sem fins Lucrativos.

Link: https://agora.emnuvens.com.br/ra/article/view/723/pdf

Biografia do Autor

Fernando Antônio Antunes, Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais
Mestre em Administração pela Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais, em Belo Horizonte-MG, Brasil
Luís Roberto Sousa Mendes, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Doutor em Filosofia Política pelo Antonianum, Itália. Professor adjunto no Departamento de Ciência da Informação na Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil
Publicado
2018-10-20
Seção
Resumos de artigos científicos