A taxonomia e a folksonomia na representação da informação de fotografias

  • Thais Helen do Nascimento Santos Universidade do Porto

Resumo

A folksonomia se caracteriza como um recurso democrático e interativo para a representação de documentos em ambiente on-line. No tratamento das fotografias, a utilização da folksonomia se torna oportuna em virtude da exaustividade e especificidade em pontos de acesso, representação por meio da linguagem natural e o fomento à inteligência coletiva. Em contrapartida, as desvantagens da polissemia conceitual e o descontrole do vocabulário implicam a eficácia dos sistemas de recuperação da informação em uso da folksonomia, fundamentando, assim, a proeminência dos vocabulários controlados na representação da informação. Nesse contexto, o objetivo deste estudo é o de indicar e preconizar o ajustamento das vantagens da folksonomia e da taxonomia na representação do conteúdo de fotografias. A metodologia empregada se voltou à revisão de literatura nas áreas da Ciência da Informação, Arte, História e Tecnologia para a elaboração do alicerce teórico, bem como à exploração de casos práticos. A investigação deflagrou os resultados satisfatórios na convergência da folksonomia com a taxonomia, isto é, na adequação dos contributos dos usuários (por meio de etiquetas, descrições e/ou comentários) aos vocabulários controlados adotados para a representação e recuperação da informação por documentos fotográficos, textuais ou de qualquer outro gênero.

Palavras-chave: Representação da Informação. Fotografias. Taxonomia. Folksonomia.

Link: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/2395

Biografia do Autor

Thais Helen do Nascimento Santos, Universidade do Porto

Publicado
2018-11-09
Seção
Resumos de artigos científicos