Ações de desenvolvimento sustentável em Santa Catarina: foco nas bibliotecas públicas

  • Marli Dias Souza Pinto Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil.
  • Daniela Spudeit Universidade do Estado de Santa Catarina, Brasil.
  • Genilson Geraldo Assessoria Jurídico da Eletrosul, Brasil.
  • Críchyna da Silva Madalena Universidade do Estado de Santa Catarina, Brasil.

Resumo

Os objetivos da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) para o desenvolvimento sustentável mundial também estão sendo discutidos e aplicados pela Federação Internacional de Associações de Bibliotecas e Instituições (IFLA) e, a partir desta constatação, o presente estudo tem como objetivo: analisar as ações desenvolvidas pelas Bibliotecas Públicas Catarinenses em consonância com a Agenda 2030. Metodologicamente, é uma pesquisa exploratória, descritiva e bibliográfica, com base sedimentada nos 17 objetivos globais previstos na Agenda 2030. Evidencia que não há inserção importante do bibliotecário como responsável e como participante das equipes das bibliotecas. Os serviços e produtos informacionais na grande maioria das bibliotecas se resumem à consulta e ao empréstimo. As ações de inclusão para pessoas com deficiência não são significativas em relação a todas as formas de acessibilidade, e tampouco há desenvolvimento de serviços e produtos para este segmento. Constata-se que não há ações estratégicas para atrair novos usuários. Há inserção de algumas ações culturais envolvendo a sustentabilidade. Por fim, as atividades propostas pela IFLA não foram contempladas e o estudo revela que o desenvolvimento sustentável requer um ambiente propício à aprendizagem e ao trabalho colaborativo e o estabelecimento de parcerias entre governo, comunidade e instituições locais.

Palavras-chave: Sustentabilidade. Bibliotecas públicas catarinenses. Agenda 2030. ONU.

Link: http://www.periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/34251

 

Biografia do Autor

Marli Dias Souza Pinto, Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil.
Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Professora do Departamento de Ciência de Informação da Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. E-mail: marli.dias@ufsc.br.
Daniela Spudeit, Universidade do Estado de Santa Catarina, Brasil.
Mestre em Ciêcia da Informação pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Professora no curso de graduação em Biblioteconomia e no Programa de Pós-Graduação de Gestão da Informação da Universidade do Estado de Santa Catarina, Brasil. Atualmente coordena o Grupo de Bibliotecários da Área Escolar em Santa Catarina, é vice-presidente da Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação e editora da Revista Brasileira de Educação em Ciência da Informação. E-mail: danielaspudeit@gmail.com
Genilson Geraldo, Assessoria Jurídico da Eletrosul, Brasil.
Graduando em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Assistente na Assessoria Jurídico da Eletrosul, Brasil. E-mail: genilsongeraldo.biblio@gmail.com.
Críchyna da Silva Madalena, Universidade do Estado de Santa Catarina, Brasil.
Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Gestão de Unidades de Informação da Universidade do Estado de Santa Catarina, Brasil. Bacharel em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. E-mail: crichyna.sm@gmail.com.
Publicado
2018-11-16
Seção
Resumos de artigos científicos