A processo eletrônico nacional e a implementação do sistema eletrônico de informações na universidade de brasília

  • Rodrigo de Freitas Nogueira Universidade de Brasília (UnB)
  • Thiara de Almeida Costa Costa Universidade de Brasília (UnB)

Resumo

Este artigo discorre sobre a implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI) na Universidade de Brasília (UnB). Trata-se de uma abordagem descritiva, considerando a experiência na adesão ao Processo Eletrônico Nacional (PEN). A implantação do SEI na UnB iniciou-se em decorrência da necessidade de modernização da gestão de documentos, dos fluxos de trabalho da Universidade, e em atendimento à legislação brasileira. A metodologia utilizada no projeto foi a do Sistema de Administração de Recursos de Tecnologia da Informação (SISP), que contemplou as seguintes fases: a) Projeto; b) Acordo de Cooperação Técnica; c) Revisão e Elaboração de Normas; d) Instalação do Sistema; e) Armazenamento de Documentos Físicos; f) Parametrização e Configuração do Sistema; g) Ilhas de Digitalização; h) Gestão de Mudança Organizacional; e i) Encerramento do Projeto. Os resultados da implementação do SEI na UnB têm proporcionado a mudança de cultura quanto à utilização de processos eletrônicos, aumentando a transparência e eficiência na tramitação de documentos na UnB.

Palavras-chave: Sistema Eletrônico de Informações. Processo Eletrônico Nacional. Modernização da gestão de documentos. Mudança de cultura.

Link:http://www.aaerj.org.br/ojs/index.php/informacaoarquivistica/article/view/200/105

Biografia do Autor

Rodrigo de Freitas Nogueira, Universidade de Brasília (UnB)
Diretor do Arquivo Central da Universidade de Brasília (UnB); Graduado em Arquivologia e Mestre em Ciência da Informação pela UnB.
Thiara de Almeida Costa Costa, Universidade de Brasília (UnB)
Arquivista da Universidade de Brasília (UnB); Graduada em Arquivologia pela UnB; Especialista em Gestão de Arquivos pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
Publicado
2018-11-19
Seção
Resumos de artigos científicos