A consolidação do memorial Arlindo Coelho Fragoso da escola politécnica da ufba: análise do período de 2010 a 2017

  • Louise Anunciação Fonseca de Oliveira do Amaral Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar a experiência da Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia (EPUFBA) na criação do seu Memorial, denominado de Arlindo Coelho Fragoso (MACF) com o intuito de homenagear o seu fundador, baiano, ex-docente e engenheiro civil. Ao completar 120 anos de ensino da Engenharia na Bahia, a EPUFBA volta-se para a identificação, o tratamento técnico e a disseminação do seu acervo arquivístico e museológico, com o intuito de revelar o conhecimento produzido, recebido e acumulado ao longo da sua trajetória. Para a realização deste trabalho, que se caracteriza como um estudo de caso, utilizou-se como método a revisão de literatura e a pesquisa documental, fontes que embasaram o estabelecimento das etapas de implantação do MACF. Como resultados, espera-se a inauguração do Memorial em 2018 para proporcionar à comunidade acadêmica e profissional o pleno acesso e uso a documentação de relevância para a história da engenharia baiana e brasileira.

Palavras-chave: Memorial. Escola Politécnica. Arlindo Coelho Fragoso.

Link:http://www.aaerj.org.br/ojs/index.php/informacaoarquivistica/article/view/203/108

Biografia do Autor

Louise Anunciação Fonseca de Oliveira do Amaral, Universidade Federal da Bahia (UFBA)
Arquivista da Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Mestre em Ciência da Informação pela UFBA.
Publicado
2018-11-19
Seção
Resumos de artigos científicos