Acessibilidade em arquivos: estudo sobre garantias de direitos aos portadores de necessidades especiais

Autores

  • Camilla Gama Campagnoli Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)
  • Maira Cristina Grigoleto Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2019v14n2.46457

Resumo

Este estudo aborda questões sobre a acessibilidade em ambientes culturais, dando destaque a realidade dos arquivos. Os objetivos são: analisar os fundamentos legais sobre a acessibilidade no Brasil, apontando para a garantia de direitos; e estimular a reflexão sobre a acessibilidade em arquivos, considerando-os como ambientes culturais. A hipótese é a de que se existe alguma garantia consolidada sobre os direitos dos portadores de necessidades especiais nestes ambientes, esta é mínima. A importância desta análise reside em propor reflexões sobre as condições e os limites dos portadores de necessidades especiais, em específico, quanto ao usufruto de ambientes culturais/arquivos. Nesse sentido, pretende-se dar visibilidade a este tema no âmbito da Arquivologia. Este trabalho é de natureza teórica e tem como base a revisão de literatura sobre o tema e estudo de fontes documentais (legislações). Conclui que no âmbito da legislação federal, existe o embasamento conceitual para a abordagem da questão. Contudo, há uma notável carência de teorias e práticas no campo da Arquivologia para a aplicação da legislação, deixando a desejar no que diz respeito à elaboração de políticas públicas que possam garantir o acesso e a acessibilidade, aos arquivos e à informação, para a sociedade de forma democrática e igualitária.

Palavras-chave: Ambiente cultural. Arquivos públicos. Inclusão social. Deficiência. Mediação cultural.

Link: http://racin.arquivologiauepb.com.br/edicoes/v6_nesp/racin_v6_nesp_TA_GT03_0189-0208.pdf

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Camilla Gama Campagnoli, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Bacharel em Arquivologia pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Maira Cristina Grigoleto, Universidade Federal do Espírito Santo (UFES)

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp/Campus de Marília). Docente do Curso de Graduação em Arquivologia na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES).

Publicado

2019-07-08

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos