Uma Caminhada pela Cidade: reflexões sobre informação e memória na cidade a partir de um poema de Charles Baudelaire

  • Tahis Virginia Gomes da Silva Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
  • José Mauro Matheus Loureiro Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Resumo

O caminhar pela cidade, numa analogia com o ato de escrever, é um traçar de percursos e trajetórias construindo a tessitura informacional dos sujeitos no espaço da cidade, por meio dos caminhos delineados pelo citadino, enquanto ator social. Este artigo apresenta uma reflexão sobre a construção da informação através do ato de caminhar pelas ruas da cidade urbana a partir da análise do poema de Charles Baudelaire “A Uma Passante” perpassando pela compreensão da cidade como espaço de representação e enquanto artefato infor-comunicacional memorialístico e de expressão cultural dos sujeitos sociais através de uma revisão de literatura fundamentada na inter-relação Informação / Memória. Trata-se de fragmentos da fundamentação teórica que embasarão uma proposta de tese em construção desenvolvida no âmbito de um programa de Ciência da Informação.

Palavras-chave: Informação.Cidade Urbana.Cidade.Espaço de Memória.A Uma passante.Charles de Baudelaire.Artefato infor-comunicacional memorialístico.
Link: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2019v24n54p135

Biografia do Autor

Tahis Virginia Gomes da Silva, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba e Bibliotecária-documentalista Coordenadora da Biblioteca Setorial do Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal da Paraíba.
José Mauro Matheus Loureiro, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Professor Associado IV da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba
Publicado
2019-09-09
Seção
Resumos de artigos científicos