A temática cultura informacional em teses e dissertações dos programas de pós-graduação brasileiros em Ciência da Informação

Resumo

Apresenta uma análise bibliométrica de teses e dissertações nacionais sobre a temática cultura informacional. Busca -se identificar as concepções e enfoques, os programas de pós-graduação e os autores mais influentes sobre esta temática. No intuito de mapear a produção científica sobre culturainformacional no escopo supracitado, o processo de busca ocorreu por meio da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, não sendo estabelecido um recorte cronológico. A partir da seleção e análise do material, obteve-se um total de 16 trabalhos. A partir da análise, foi possível extrair as concepções e os enfoques metodológicos e temáticos adotados por cada autor. Os resultadosevidenciaram que a cultura informacional se faz presente em uma variedade de estudos cujos interesses são distintos. Observa-se que as pesquisas de natureza qualitativa e descritivas exploratórias são predominantes no universo analisado, sendo oriundas de cinco universidades. A partir da análise de citação, os autores Davenport e Prusak se destacam entre os mais influentes. Evidencia-se, também, que grande parte das teses e dissertações se apoiam em pesquisas desenvolvidas por pesquisadores provenientes do campo científico da Ciência da Informação. Considera-se que apesar de tardio, a cultura informacional nas teses e dissertações indicam certo esforço dos pesquisadores em contribuir comnovas construções teóricas e metodológicas em torno desta temática. Contudo, este estudo reflete que no âmbito da Ciência da Informação brasileira, ainda, há poucos programas de pós-graduação incorporando esta temática como objeto de investigação, fator que consequentemente impacta na baixa produtividade científica sobre o tema. Palavras-Chave: Bibliometria. Ciência da Informação. Cultura informacional. http://periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/11512/18567

Biografia do Autor

Marta Lígia Pomim Valentim, Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, Departamento de Ciência da Informação, Marília, SP, Brasil
Professora Titular da Universidade Estadual Paulista (Unesp), 2018. Pós-Doutorado pela Universidad de Salamanca (USAL), Espanha, 2012. Livre Docente em Informação, Conhecimento e Inteligência Organizacional pela Unesp, 2009. Doutora em Ciências da Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP), 2001. Mestre pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), 1995. Docente de graduação e pós-graduação da Unesp, campus de Marília. Bolsista Produtividade em Pesquisa (PQ-1D) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) na área de inteligência organizacional, gestão da informação, gestão do conhecimento e cultura informacional desde 2002. Líder do Grupo de Pesquisa Informação, Conhecimento e Inteligência Organizacional. Coordena o projeto de pesquisa Inteligência organizacional e inteligência social no contexto do big data: análise de dados para a geração de diferenciais competitivos. Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI) da Unesp, campus de Marília, gestão 2017-2021. Organizadora e autora de vários livros na área. Presidente da Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação (ABECIN), gestão 2016-2019. Exerceu o cargo de Vice-Presidente da Asociación de Educación e Investigación en Ciencia de la Información de Iberoamérica y el Caribe (EDICIC), gestão 2009-2011. Exerceu a coordenação do Grupo de Trabalho Gestão da Informação e do Conhecimento nas Organizações (GT-4), da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Ciência da Informação (ANCIB), gestão 2009-2010. Exerceu o cargo de Presidente da Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação (ABECIN), gestão 2001-2004.
Publicado
2019-09-09
Seção
Resumos de artigos científicos