As instituições arquivísticas na internet: uma análise webométrica a partir dos arquivos nacionais da ibero-américa na World Wide Web

  • Thiago de Oliveira Vieira UNIRIO

Resumo

O uso da internet permite às instituições arquivísticas alcançarem um público muito mais amplo, rompendo com as fronteiras físicas das instituições. Para que isso seja possível, é necessário que as instituições possuam sites que forneçam acesso às suas informações institucionais e disponibilizem conteúdos, recursos audiovisuais, bases de dados, instrumentos de pesquisa e representantes digitais acerca de seus acervos custodiados. Além de um site, é preciso um conjunto de estratégias para que o site possua presença e visibilidade na World Wide Web (WWW) e com isso, alcance de fato um número maior de usuários. Esta pesquisa procura averiguar a presença e os relacionamentos dos sites das instituições arquivísticas nacionais, dos países Iberoamericanos, na WWW, por meio da webometria. Para isso, realizou-se um aporte teórico que fundamente a métrica utilizada na análise do fluxo informacional na web, por meio dos websites. O percurso metodológico consistiu na identificação dos arquivos nacionais, dos países que constituem a América Ibérica, que possuem sites na WWW. A partir da identificação dos sites, realizou-se uma análise webométrica, buscando verificar os seguintes indicadores: tamanho do site, visibilidade (inlinks), luminosidade (outlinks) e o Web Impact Factors. Semelhante à relação de citações e referências na medição de impacto na comunicação científica, os inlinks e outlinks, respectivamente, propiciam o estabelecimento de relações com outros sites e páginas web, potencializando a sua presença na WWW e permitindo um maior número de pontos de acesso a um determinado site. O tamanho do site, calculado por meio da soma de todas as páginas que compõem um site também é um indicador importante para identificar a presença de um site na WWW, mas altamente dependente das relações de inlinks e outlinks. O Web Impact Factors, criado por Ingwersen (1998), estabelece uma relação entre a visibilidade e o tamanho de um site. Os resultados apontam uma presença considerável das instituições arquivísticas analisadas nos espaços virtuais emergentes da WWW, mas ainda carecem de aumentar seus relacionamentos com o universo de sites que constituem a WWW, buscando maior alcance e relevância neste espaço informacional. A partir dos resultados, percebe-se que os sites das instituições arquivísticas ibero-americanas são, em média, mais citados por outros websites do que eles próprios referenciam outros sites externos. Apesar de altamente dinâmicos, os indicadores webométricos podem auxiliar as instituições arquivísticas a potencializarem seus websites, aspirando atingir um número cada vez maior de usuários na WWW.

Palavras-chave: Webometria. World Wide Web. Instituição Arquivística. Arquivo Nacional.

Link: http://racin.arquivologiauepb.com.br/edicoes/v6_n2/racin_v6_n2_artigo02.pdf

Biografia do Autor

Thiago de Oliveira Vieira, UNIRIO
Arquivista do Arquivo Nacional (Brasil) e Membro da Câmara Técnica de Documentos Audiovisuais, Iconográficos e Sonoros do Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ). Mestre (2014) pelo Programa de Pós-Graduação em Gestão de Documentos e Arquivos (PPGARQ) e graduado em Arquivologia (2006) pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro )UNIRIO).
Publicado
2019-09-09
Seção
Resumos de artigos científicos