Arquivo criminal e o sistema de classificação vucetich representação e identificação por impressão digital

Autores

  • Uthant Saturnino Silva

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2019v14n3.48004

Resumo

Este artigo aborda aspectos da teoria da classificação, priorizando o sistema de classificação Vucetich, que fundamenta o processo classificatório da ficha datiloscópica cuja função consiste em reunir, armazenar e disponibilizar informações sobre vestígios de impressões digitais coletados no local do crime ou à identificação, ou seja, ao ato de reconhecimento de um indivíduo. Inicialmente, buscou-se discutir os princípios filosóficos de classificação para em seguida analisar o uso e aplicação adotada pelo sistema Juan Vucetich, método datiloscópico que se baseia na representação da disposição das papilas dérmicas e dos elementos que compõem esse sistema de classificação, cuja aplicação e ordenação permitem consulta rápida quando compara uma peça padrão arquivada no contexto dos arquivos criminais com um fragmento extraído de local de crime.

Palavras-chave: Teoria da Classificação. Sistema de Classificação. Datiloscopia. Documentos especiais. Arquivos criminais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2019-09-09

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos