A competência crítica em informação como resistência: uma análise sobre o uso da informação na atualidade

Autores

  • Anna Cristina Brisola UFRJ
  • Nathália Lima Romeiro UFRJ

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2019v14n3.48017

Resumo

Este artigo pretende discutir sobre as relações entre a informação e a cidadania a partir de perspectivas da Ética e da Competência Crítica em Informação. Pensar a ética que envolve a informação e extrapola as questões normativas, considerando as relações sociais. Demonstrar a importância do fomento à Competência Crítica em Informação para promover cidadãos éticos participativos, autônomos no exercício de sua cidadania. Reforça a relevância da Competência Crítica em Informação para resistir a desinformação, fake news e boatos, bem como promover um cidadão que, diante da enxurrada de informações, consiga selecionar criticamente aquelas que são importantes para si. Pensar nas dimensões da Competência em Informação, reforçando a importância dos estudos críticos e reflexivos que justificam o uso de Competência Crítica em Informação.

Palavras-chave: Competência Crítica em Informação. Ética. Cidadania. Desinformação. Competência em Informação.

Link: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/1054/1054

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anna Cristina Brisola, UFRJ

Doutoranda em Ciência da Informação pelo Programa de PósGraduação em Ciência da Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Nathália Lima Romeiro, UFRJ

Mestranda em Ciência da Informação pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Publicado

2019-09-09

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos