Mercado editorial brasileiro e literatura afrodescendente: visibilidade de autores (as) negros (as) e incentivo à leitura

  • Maria Daniely Souza Lima Universidade Federal do Cariri (UFCA)
  • Vitória Gomes Almeida Universidade Federal do Cariri (UFCA)

Resumo

Trata da literatura afrodescendente e da visibilidade de autores e autoras negros (as) no mercado editorial brasileiro e suas implicações no combate ao racismo e representatividade social.Objetiva discutir o papel das editoras Mazza e Malê no incentivo a leitura e na valorização de autores (as) negros (as) através da produção literária de cunho afrodescendente. A metodologia constitui-se em um levantamento exploratório, que se deu através da revisão de literatura sobre o tema. Além disso, baseou-se na pesquisa social que visa à obtenção e construção de novos conhecimentos no que diz respeito à realidade social. Conclui-se que apesar da existência de espaços que focalizam a produção afrodescendente, ainda é necessária a consolidação e valorização destes de forma ampla, visando o reconhecimento social desses escritores e consequentemente de suas obras.

Palavras-chave: Literatura afrodescendente. Mercado editorial. Leitura. Representatividade.

Link: https://periodicos.ufca.edu.br/ojs/index.php/folhaderosto/article/view/351

Biografia do Autor

Maria Daniely Souza Lima, Universidade Federal do Cariri (UFCA)
Graduanda em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Cariri (UFCA). Atualmente é bolsista do Programa de Educação Tutorial (PET) da UFCA coordenando o projeto: Grupo de estudos Sociedades Aprendentes no eixo Ensino.
Vitória Gomes Almeida, Universidade Federal do Cariri (UFCA)
Professora Assistente do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri(UFCA). Graduada pela mesma instituição. Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba, e atualmente doutoranda pelo mesmo programa. Capacitada em Gestão Cultural pelo Ministério da Cultura -UFCA.   
Publicado
2019-09-21
Seção
Resumos de artigos científicos