Redes interorganizacionais e a criação de conhecimento: busca sistemática

Autores

  • Cristina Keiko Yamaguchi Universidade Federal de Santa Catarina e Universidade do Planalto Catarinense
  • Karoline Brasil de Oliveira Ezequiel Universidade do Extremo Sul Catarinense
  • Melissa Watanabe Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Universidade do Extremo Sul Catarinense

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2019v14n4.49777

Resumo

Estudos sobre redes interorganizacionais têm se desenvolvido com diferentes perspectivas, na busca de tentar compreender sua importância para a competitividade e inovação. Na economia do conhecimento, trabalhos sobre criação do conhecimento também possuem este foco. No entanto, pouco se sabe sobre como ocorre a criação do conhecimento em rede e qual a importância para as organizações. Desta forma este trabalhou objetivou conhecer o panorama das publicações sobre criação do conhecimento em redes interorganizacionais. Para isso, realiza busca sistemática na base de dados Scopus, escolhida por abranger uma gama expressiva de estudos sobre o tema. Assim, utiliza uma abordagem qualitativa, com objetivo de pesquisa exploratório. Diante das análises realizadas, dos artigos selecionados, compreende-se que as redes interorganizacionais precisam criar espaços e momentos, ba, que são espaços físicos, virtuais ou emocionais onde ocorrem a criação do conhecimento, que sejam favoráveis para a criação do conhecimento. Isto é importante, pois, percebe-se que a criação do conhecimento em rede contribui para a inovação das organizações participantes e aumentam suas vantagens competitivas.

Palavras-chave: Gestão do conhecimento. Criação do conhecimento. Redes interorganizacionais

Link: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/38820/22442

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristina Keiko Yamaguchi, Universidade Federal de Santa Catarina e Universidade do Planalto Catarinense

Doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Professora da Universidade do Planalto Catarinense, Brasil.

Karoline Brasil de Oliveira Ezequiel, Universidade do Extremo Sul Catarinense

Mestra em Desenvolvimento Socioeconômico pela Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil.

Melissa Watanabe, Universidade Federal do Rio Grande do Sul e Universidade do Extremo Sul Catarinense

Doutora em Agronegócios pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil. Professora da Universidade do Extremo Sul Catarinense, Brasil

Publicado

2019-12-16

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos