Novas tendências em catalogação: o novo paradigma da catalogação a partir da modelagem conceitual

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.0vn0.52938

Resumo

Das áreas que compõem o tratamento da informação, a catalogação teve um grande período de estagnação, após o surgimento do AACR, da ISBD e do MARC. Essa mudança de paradigma que tem ocorrido na catalogação nos últimos anos tem trazido muitos questionamentos acerca de como adequar catálogos antigos ao novo formato proposto pela norma RDA, sem gerar um grande volume de retrabalho. Para responder esses questionamentos, o estudo aprofundado dessa nova proposta é essencial, pois irá garantir uma implementação mais coerente e consistente, levando os catálogos de bibliotecas, e os repositórios e bibliotecas digitais ao próximo nível, baseado em tecnologia de ponta. O presente trabalho propõe discutir o lugar da catalogação na organização da informação e suas atuais perspectivas. Através da revisão da literatura da área, traz as novas tendências da catalogação na atualidade e seus principais desafios. Apresenta a catalogação como tema de pesquisa essencial para o desenvolvimento dos sistemas de recuperação da informação do futuro. Sugere questões polêmicas que necessitam de uma maior discussão entre os profissionais e os teóricos da área, para que a catalogação possa se consolidar através da utilização eficaz das tecnologias da informação e comunicação.

Palavras-chave: Catalogação, Modelagem conceitual, organização da informação centrada no usuário, Padrões de metadados para catalogação.

Link: https://periodicos.ufpb.br/index.php/pbcib/submission/wizard/2?submissionId=52938#step-2

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cintia de Azevedo Lourenço , Universidade Federal de Minas Gerais,MG, Brasil.

Doutora em Ciência da Informação.
Professor do PPG-GOC/Escola de Ciência da Informação.

Publicado

2020-06-30

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos