A contribuição das métricas para o campo da ciência da informação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.0vn0.52941

Resumo

Os estudos métricos da informação podem colaborar substancialmente para o mapeamento da ciência e tecnologia. Tal contribuição tem se dado por meio de pesquisas que retratam tendências, áreas de concentração de temáticas, frentes de pesquisa, colaboração científica, distribuição de recursos, elite de pesquisadores, núcleo de periódicos mais relevantes em uma determinada área, dentre outros. Seus indicadores, dos tradicionais de produtividade e citação - baseados em abordagens bibliométricas e cientométricas - aos alternativos de atenção online e de circulação da informação científica na web social, são capazes de oferecer dimensões distintas, mas complementares para uma compreensão mais ampla do quadro da avaliação de atores e produtos da ciência. Este artigo reflete sobre a comunicação científica e os estudos métricos da informação, correlacionando algumas pesquisas orientadas pelos autores e outras nas quais colaboram. Considera que o emprego de tais técnicas e de aferição de valores numéricos precisa sempre ser acompanhado de abordagens que possibilitem a compreensão do contexto em que foram criados.

Palavras-chave: Comunicação científica; Estudos métricos; Bibliometria; Altmetria.

Link: http://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/4309

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dalgiza Andrade de Oliveira , Universidade Federal de Minas Gerais,MG, Brasil.

Doutora em Ciência da Informação.
Professor do PPG-GOC/Escola de Ciência da Informação

Ronaldo Ferreira de Araújo , Universidade Federal de Minas Gerais,MG, Brasil.

Doutor em Ciência da Informação.
Professor do PPG-GOC/Escola de Ciência da Informação

Publicado

2020-06-30

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos