A Rede Epistêmica Virtual da Amazônia: o papel da cibercultura na ampliação dos meios de produção epistêmica

Autores

  • Tarcízio Macedo Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Luiz Roberto Vieira Jesus Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.0vn0.52973

Resumo

Esta pesquisa procura refletir e entender como os atores epistêmicos dos Programas de Pós-Graduação na Amazônia estão incorporando a cibercultura e apropriando-se da ciberrealidade para se relacionar virtualmente e produzir conhecimento explícito de forma mutuamente compartilhada. A metodologia
constitui um processo que permite a apropriação do objeto, da problemática e da proposição em um conjunto de ações que tem no elemento hiperlink sua manifestação central para constituição da esfera empírica de investigação, e na Teoria das Redes seu instrumental de reflexão. As conclusões iniciais indicam um processo resultante de dois contextos específicos: (i) a falta de comunicação; (ii) e a inexistência de uma articulação da produção epistêmica em rede.

Palavras-chave: Sociologia da Cibercultura. Sociologia das Redes. Tecnologias da Informação e
Comunicação (TIC).

Link: https://revistas.ufg.br/ci/article/view/43462/33386

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tarcízio Macedo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutorando em Comunicação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), com bolsa
CAPES. Mestre em Comunicação, Cultura e Amazônia pela Universidade Federal do Pará (UFPA), com
bolsa CAPES e período sanduíche no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura
Contemporâneas da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e no Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de
Jogos Digitais da Universidade do Estado da Bahia (UNEB). Especialista em Comunicação Científica na
Amazônia pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (Naea) da UFPA. Membro da Rede Nacional de
Pesquisa em Jogo e Comunicação (Metagame) e do Grupo de Pesquisa em Games da Sociedade Brasileira de
Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom). Pesquisador do Laboratório de Artefatos Digitais
(UFRGS/CNPq), do Laborat&oacut e;rio de Pesquisa Midiática na Amazônia (UFPA/CNPq) e nos grupos de
pesquisa Interações e Tecnologias na Amazônia (ITA/UFPA/Unama/CNPq), Comunicação, Consumo e
Identidade (UFPA/Unama/CNPq) e Inovação e Convergência na Comunicação (Lab
InovaCom/UFPA/CNPq). Editor de texto da Revista Em Questão (PPGCom/UFRGS).

Luiz Roberto Vieira Jesus, Universidade Federal do Pará

Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (2014). Atualmente é professor associado - i
da Universidade Federal do Pará e professor associado - i da Universidade Federal do Pará. Tem experiência
na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia das Redes, atuando principalmente nos seguintes temas:
comunicação, jornalismo, arte, marketing e publicidade e metodologia de pesquisa.

Publicado

2020-06-30

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos