REDES SOCIAIS EM ALIMENTOS FUNCIONAIS NO PARANÁ: relato pesquisa

  • Maria Inês Tomaél
  • Adriana Rosecler Alcará
  • Elaine Cristina Liviero Tanzawa
  • Ivone Guerreiro Di Chiara
  • Plínio P. M. Uchoa Júnior
  • Valéria Cristina Heckler
  • Jorge Luis Luis Rodrigues
  • Guilhermina Alves da Silva
Palavras-chave: Redes Sociais, Análise de Redes Sociais, Compartilhamento da Informação.

Resumo

Redes sociais são constituídas por indivíduos que mobilizam esforços em seu entorno, são configuradas pelas interações entre atores que têm interesses comuns. As interações subjacentes à estrutura social promovem o compartilhamento da informação e do conhecimento em territórios específicos. Essa pesquisa teve como objetivo estudar o compartilhamento da informação na Rede de Cooperação e Inovação em Alimentos Funcionais no Estado do Paraná (RECINAF), com base no seu mapeamento. Para sua consecução foi empregada a metodologia Análise de Redes Sociais (ARS), que visa à identificação da estrutura de comunicação de um sistema, analisando-a mediante suas relações. Os resultados indicam que o compartilhamento da informação na rede ocorre intra-institucionalmente, as ligações entre as instituições científicas no Paraná é frágil e não há articulação para o adensamento da especialidade de Alimentos Funcionais. É necessário que essa articulação seja incentivada, o que pode ser desenvolvido pela coordenação da rede. Acesso ao texto completo (PDF)

Publicado
2010-06-10
Seção
Resumos de artigos científicos