TECNOLOGIA DE IDENTIFICAÇÃO POR RADIOFREQÜÊNCIA: fundamentos e aplicações em automação de bibliotecas

  • Angel Freddy Godoy Viera
  • Sonia Dominga Godoy Viera
  • Lourdes Elizabeth Godoy Viera
Palavras-chave: Identificação por radiofreqüência, RFID, Funcionamento, Automação de bibliotecas, Novas tecnologias, Bibliotecas.

Resumo

A tecnologia de identificação por radiofreqüência (RFID) é a mais nova tecnologia que, de forma acelerada, está sendo introduzida nas principais bibliotecas do mundo para a gestão eletrônica do acervo e implementação de serviços de auto-atendimento, entre outros serviços. Este artigo tem por objetivo apresentar os princípios de funcionamento da tecnologia RFID, seus componentes, as barreiras na adoção desta tecnologia e exemplos de iniciativas de implementação em bibliotecas. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica e documental sobre a tecnologia RFID com aplicação em bibliotecas. Os resultados do trabalho mostram que esta tecnologia está se expandindo cada vez mais em nível mundial, no âmbito das bibliotecas. Conclui-se que a tecnologia RFID é uma das tecnologias de automação de bibliotecas que deve ser considerada na gestão eletrônica do acervo, tendo em vista às grandes vantagens que oferece. Acesso ao texto completo (PDF)

Publicado
2010-06-10
Seção
Resumos de artigos científicos