Proposta de uma ferramenta para classificação arquivística com base em ontologias

Autores

  • Daniel Libonati Gomes Universidade Federal do Pará
  • Thiago Henrique Bragato Barros Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Renato Tarciso Barbosa de Sousa Universidade de Brasília
  • Roberto Lopes dos Santos Junior Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.0vn0.53573

Resumo

Buscou-se construir e demonstrar uma ferramenta desenvolvida a fim de reduzir o aspecto subjetivo inerente à classificação arquivística, tornando-a mais consistente. Tendo-se em conta que erros de classificação podem prejudicar a grande maioria das funções arquivísticas, especialmente a avaliação e a descrição, foi elaborado um software denominado Ontological Classifier (OntoClass). Esse software, por meio da criação de uma ontologia a partir do plano de classificação de uma entidade produtora de documentos, é capaz de determinar a classe à qual um documento pertence com base em termos autorizados dispostos em uma lista. A fundamentação teórica foi realizada por meio de uma pesquisa bibliográfica e o desenvolvimento da ferramenta foi feito com uso da linguagem de programação Python 3.7 e da linguagem de consulta SPARQL. A partir de testes realizados com uma ontologia simples criada especificamente para este trabalho, conclui-se que o OntoClass alcança seu objetivo, apesar de ainda serem necessários testes em situações reais e apesar de haver alguns requisitos a cumprir para obter resultados positivos de sua utilização.

Palavras-chave: Arquivologia. Classificação. Ontologia. Linguagem de consulta. SPARQL.

Link: https://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/91853

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2020-06-26

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos