Educação patrimonial em bibliotecas, arquivos e museus: ações voltadas para a preservação e valorização do patrimônio cultural de São Luís-MA

  • Maurício José Morais Costa Centro Universitário Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB) https://orcid.org/0000-0002-0759-9285
  • Donny Wallesson dos Santos Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
  • Kláutenys Dellene Guedes Cutrim Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Resumo

Investigação acerca das contribuições da Educação Patrimonial como instrumento de valorização e preservação do Patrimônio Cultural em Bibliotecas, Arquivos e Museus, visando a apropriação e reconhecimento do patrimônio de São Luís do Maranhão. Trata de uma pesquisa exploratória, de natureza descritiva, que faz uso da pesquisa bibliográfica e documental como instrumentos de fundamentação teórica, uma vez que se recorre a autores como Horta, Grunberg e Monteiro (1999), Maringelli e Silva (2016), Choay (2006), Florêncio et al. (2014), entre outros. Conceitua Educação Patrimonial, enquanto mecanismo que auxilia na leitura de mundo, na compreensão sociocultural e histórico-temporal do universo onde o sujeito está inserido. Demarca o planejamento e a gestão da educação patrimonial, cujas etapas contemplam a percepção visual e simbólica do patrimônio nessas instituições culturais, a descrição e análise de tais percepções, a recriação ou releitura dos bens patrimoniais, a elaboração de recursos e os meios de divulgação, estes fundamentais para uso e acesso. Reforça que a educação patrimonial se expressa em locais suporte da memória coletiva, cultural e informacional, logo bibliotecas, arquivos e museus. Reforça a necessidade do diálogo das práticas entre bibliotecas, arquivos e museus de São Luís, tendo em vista se tratar de uma cidade Patrimônio Cultural da Humanidade e lócus de recuperação e uso da informação histórica. Pontua a necessidade do desenvolvimento e implementação da Educação Patrimonial, pois, esta reúne atividades que expandem os serviços desenvolvidos em bibliotecas, arquivos e museus, que por sua vez assumem também o papel de mediadoras do patrimônio cultural, este expressado em diferentes tipologias nesses espaços. Reforça a importância do planejamento e da gestão das atividades educativas desenvolvidas nesses importantes aparelhos culturais maranhense.

Link: https://seer.ufs.br/index.php/conci/article/view/13672

Biografia do Autor

Maurício José Morais Costa, Centro Universitário Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB)

Mestre em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal do Maranhão (PGCULT-UFMA) e Professor do Centro Universitário Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB).

Donny Wallesson dos Santos, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas e Mestre em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Kláutenys Dellene Guedes Cutrim, Universidade Federal do Maranhão (UFMA)

Doutora em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho. Docente do Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade da Universidade Federal do Maranhão.

Publicado
2020-09-14
Seção
Resumos de artigos científicos