As competências do bibliotecário de referência frente ao paradigma pós-custodial

Resumo

Discute as competências do bibliotecário de referência frente ao paradigma pós-custodial com o objetivo de apontar atributos que potencializem o desenvolvimento de competências e aplicá-los aos bibliotecários que atuam no serviço de referência e informação ofertado em bibliotecas. Realiza breves considerações a respeito do fenômeno “informação”, abordando o surgimento da Ciência da Informação e os paradigmas custodial e pós-custodial abordados por Malheiro e Ribeiro (2011). Exibe conceitos e características do serviço de referência e informação, levando em consideração a influência das ferramentas tecnológicas nas atividades desenvolvidas. Aponta a gestão de competência apresentada por Thomas Durand (2006) através do trinômio conhecimento, habilidade e atitude (CHA). Trata-se de um estudo teórico, baseado em pesquisa bibliográfica que utilizou autores como Hjorlan e Capurro (2007), Zins (2007), Araújo (2014), Malheiro e Ribeiro (2011), Grogan (1995) e outros. Conclui que o bibliotecário necessita saber o que informar, como utilizar as ferramentas para informar e ter atitude para desempenhar com qualidade o serviço de referência.

Palavras-chave: serviço de referência. serviço de informação. competência profissional. bibliotecário de referência. paradigma pós-custodial.

Link: https://www.periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/24073

Biografia do Autor

Thiago Pinheiro Ramos de Oliveira, Universidade Federal do Ceará

Mestrando no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Ceará. Bacharel em Biblioteconomia e Documentação pela Universidade Federal de Sergipe.  Membro do Grupo de Pesquisa Estudo de Usuário da Informação. Membro da Comissão Permanente de Avaliação de Documentos e da Comissão de Acompanhamento e Operacionalização do Sistema Eletrônico de Informações da Universidade Federal do Ceará. 

Maria de Fátima Oliveira Costa, Universidade Federal do Ceará

Pós doutoranda da Universidade de São Paulo (USP). Doutora pelo programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da Universidade Estadual Paulista - UNESP; Mestra em Ciência da Informação pela Universidade Federal da Paraíba; Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará. Professora Associada da Universidade Federal do Ceará. Coordena o projeto de pesquisa na área de estudos de usuários da informação. Participa de dois grupos de pesquisa do Departamento de ciências da informação. O de Gestão da Informação e Sociedade e o de Mediação em Ambientes de Informação (CMAI). Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em INFORMAÇÃO E SOCIEDADE, atuando em ambientes informacionais, principalmente nos seguintes temas: estudos de usuários, usuários da informação, pesquisa, informação, ensino da biblioteconomia; bibliotecas escolares, bibliotecas públicas e comunitárias; além de bibliotecas universitárias, competência e mediação em informação. Professora associada da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em INFORMAÇÃO E SOCIEDADE, atuando principalmente nos seguintes temas: estudos de usuários, informação e cidadania, competência em informação, usuários da informação, bibliotecas públicas e comunitárias, bibliotecas escolares, gestão e biblioteca universitária. Atualmente coordena e atua no projeto de pesquisa "estudo de usuários como subsídio para mediação significativa da informação em bibliotecas universitárias.

Jefferson Vera Nunes, Universidade Federal do Ceará

Possui doutorado em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2014), mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (2010) e graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Ceará (2007). É professor adjunto do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Ceará (DCINF-UFC), e professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI-UFC).Tem experiência em temas relacionados a processos ensino-aprendizagem, práticas informacionais, mediação e uso da informação, aspectos históricos e epistemológicos da Ciência da Informação.

Publicado
2020-09-14
Seção
Resumos de artigos científicos