Biblioteca Universitária como mediadora informacional: a quebra de paradigmas

  • Poliana Fragatti Cristovam Instituto Adventista Paranaense
  • Marta Maria Gonçalves Balbé Pires Faculdade Adventista Paranaense

Resumo

Através de um relato de experiência apresenta um projeto realizado pela equipe da Biblioteca Universitária de uma Instituição Privada de Ensino Superior localizada no norte do estado do Paraná. Na busca pela mudança de conceito, criou-se um núcleo de projetos visando mudar as características da biblioteca, que continha práticas que induziam a comunidade onde está inserida a ter a concepção de um paradigma enraizado na gênese das bibliotecas universitárias. Busca-se assim ressaltar através de novas práticas enfatizar sua atuação em diferentes atividades de ensino, pesquisa e extensão, tornando-se um complemento na formação dos estudantes e da comunidade. Ressalta que um dos possíveis indicadores de importância a considerar, foi o avanço tecnológico, que propiciou a mudança de comportamento na busca, uso e disseminação da informação, onde resultou no surgimento do desenvolvimento de novas competências. Assim descreve o projeto denominado, Semana da Mediação da Informação, enfatizando em sua primeira edição o tema, comportamento digital e as fake News, que buscou atender uma necessidade informacional identificada. Conclui-se considerando que o projeto foi importante para a mudança de conceito, resultando no alcance do objetivo do projeto, a quebra do paradigma existente.  

Palavras-chave: Biblioteca universitária. Mediação da Informação. Competência em Informação.

Link: http://reviu.febab.org.br/index.php/reviu/article/view/17

Biografia do Autor

Poliana Fragatti Cristovam, Instituto Adventista Paranaense
Bibliotecária no Instituto Adventista Paranaense. Mestranda em Ciência da Informação pela Universidade Estadual de Londrina (UEL).
Marta Maria Gonçalves Balbé Pires, Faculdade Adventista Paranaense
Diretora Acadêmica na Faculdade Adventista Paranaense. Doutora em Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).
Publicado
2020-09-16
Seção
Resumos de artigos científicos