Agenda 2030 da ONU e desenvolvimento sustentável: qual o papel das bibliotecas?

Autores

  • Fabiana Sala Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo- Campus de Presidente Epitácio
  • Leda Maria Araújo Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho
  • Sirlaine Galhardo Gomes Costa UNESP/Marília
  • Cláudio Marcondes de Castro Filho Universidade Aberta de Lisboa, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2020v15n4.56590

Resumo

Os debates no âmbito do desenvolvimento sustentável têm sido promovidos com a finalidade de
conscientizar e fazerem-se presentes nas mais diversas esferas, a fim de amenizar as contradições sociais.
Trabalhar esse conceito na biblioteca colabora para que a comunidade se sinta inserida no meio ambiente e
propague o sentimento de pertencimento que resgata o respeito e o uso consciente para o desenvolvimento
sustentável. Diante de todo o exposto, o presente estudo buscou analisar os artigos científicos apresentados
durante o 27º Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação (CBBD) cujo conteúdo discorresse
sobre o envolvimento de profissionais das bibliotecas brasileiras no desenvolvimento sustentável, na Agenda
2030 e na sustentabilidade. O objetivo principal foi identificar de que maneira as bibliotecas brasileiras têm
contribuído para atingir os ODS da Agenda 2030. A metodologia contou com uma pesquisa de natureza
bibliográfica e exploratória. Como considerações finais, os trabalhos selecionados permitiram identificar a
existência de diversas ações e práticas profissionais direcionadas para que as bibliotecas colaborem com o
compromisso de atender aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, mostrando, assim, a
importância da biblioteca enquanto equipamento cultural indispensável nessa ação global, bem como
auxiliaram na identificação de boas práticas aplicadas nas bibliotecas brasileiras.

 

Palavras-chave: Bibliotecas. Desenvolvimento sustentável. Agenda 2030. Sustentabilidade.

 

Link: https://revista.acbsc.org.br/racb/article/view/1703

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabiana Sala, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo- Campus de Presidente Epitácio

Bibliotecária-Documentalista do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo- Campus de Presidente Epitácio desde o ano de 2011. Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (Unesp Campus Marília). Mestra em Educação pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho (Unesp Campus Presidente Prudente) em 2018. Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional em 2008. Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em 2006.

Leda Maria Araújo, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho

Doutoranda em Ciência da Informação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Possui Mestrado em Ciência da Informação pela Universidade Estadual de Londrina (2015). É especialista em gestão de bibliotecas escolares pela Universidade Estadual de Londrina (2013). Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Estadual de Londrina (2004). Desde 2016 atua como diretora das Bibliotecas Públicas Municipais de Londrina.

Sirlaine Galhardo Gomes Costa, UNESP/Marília

Doutoranda em Ciência da Informação no PPGCI/UNESP/Marília, Linha 3 (Gestão, Mediação e Uso da Informação). É Mestre em Letras pela Universidade Federal de Rondônia - UNIR e Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Estadual Paulista - UNESP/Marília/SP.

Cláudio Marcondes de Castro Filho, Universidade Aberta de Lisboa, Portugal

Livre-Docente em Políticas Públicas e Formação Profissional da Informação (2018). Pós-doutorado em Biblioteca Escolar na Universidade Aberta de Lisboa (2018). Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade de São Paulo (2008). Mestrado em Ciência da Informação e Comunicação, pela Universidade de São Paulo (2002). Graduação em Comunicação Social pela Faculdade Anhembi Morumbi (1989) e em Biblioteconomia pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (1981).

Publicado

2020-12-23

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos