Gestão do conhecimento e segurança da informação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2020v15n4.56610

Resumo

IntroduçãoA Gestão do Conhecimento é um desafio para as empresas na Sociedade da Informação. Metodologias como a de Nonaka e Takeuchi vêm ao encontro desse desafio para sistematizar e organizar a criação de conhecimento em todos os níveis das empresas. O conhecimento é considerado um ativo intangível e que pode ser protegido para garantir a manutenção da cadeia de valor das Organizações. Neste contexto, a Segurança da Informação visa proteger informações acessíveis no âmbito organizacional. Uma estrutura de Gerenciamento de Conhecimento Seguro é necessária para obter controles relevantes de segurança na Gestão de Conhecimento.MétodoApresenta caráter qualitativo, com o uso da metodologia Delphi para a construção de uma estrutura de Gerenciamento do Conhecimento Seguro. ResultadosOs pontos de congruência entre Gerenciamento de Conhecimento e Segurança da Informação ficaram evidentes na pesquisa. Na fase de socialização, evidenciam-se dois controles com mais de 80% de congruência. Na fase de externalização, os dois pontos ficaram acima de 70%. Não há uma fase de combinação combinada, resultado de 60% de congruência em quatro controles e fase de internalização, registro de unanimidade na escola de controle, tendo um ponto com 100% de congruência.ConclusõesOs profissionais que adotaram a técnica Delphi conseguiram encontrar pontos de congruência entre os assuntos de pesquisa temática, subsidiando uma retórica da compatibilidade entre gerenciamento de conhecimento e Segurança da Informação. Dessa forma, destaca-se a necessidade de cocriação de conhecimento sob uma ótica de um framework que considere Segurança de Informação.

 

Palavras-chave: Gestão do Conhecimento. Segurança da Informação. Conhecimento.

 

Link: https://revistas.ufpr.br/atoz/article/view/69867

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2020-12-27

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos