A ferramenta para repositórios institucionais DSpace: conceitos e características

Autores

  • Fernanda Percia França Biblioteca do Senado Federal
  • Denise Oliveira de Araújo Tribunal de Contas da União.
  • Márcio Bezerra da Silva Universidade de Brasília

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2020v15n4.56656

Resumo

Pesquisa que apresenta características que formalizem o pacote de software Dspace a partir de três pontos: elenco de predicados que definem os repositórios institucionais, exemplos de ambientes acadêmico-institucionais que fazem uso do DSpace e identificação de características presentes no DSpace à luz dos repositórios institucionais. Aborda temas básicos para a pesquisa, sendo: comunicação científica, movimento de acesso aberto, iniciativa de arquivos abertos e repositório institucional. Destaca o DSpace enquanto um tipo de recurso de software livre e de código aberto. Resulta, segundo uma pesquisa exploratória e bibliográfica, e de abordagem qualitativa de coleta de dados, que o DSpace provê a construção de repositórios institucionais ao redor do mundo, inclusive em todo o território nacional, que a divulgação de eventos e programas da Instituição, enquanto um dos predicados inerentes ao conceito de repositório institucional, não é contemplado pelo software, ao passo que o DSpace abrange os demais predicados identificados, tais como: gerenciar dados e atividades de pesquisa; apoiar e veicular objetos digitais, no uso do padrão de metadados Dublin Core; gerir o conhecimento do corpus de conteúdos que constitui o repositório institucional; expor as produções virtualmente, na íntegra e de forma aberta; intecionar a preservação digital; e administrar perfis e depósitos de obras com fins de qualidade. Conclui-se que o DSpace caracteriza-se como um pacote de software livre e de código aberto que facilita o acesso aos materiais armazenados, promove o autoarquivamento e a publicação das produções científicas, na íntegra e de forma livre, adota metadados para a curadoria e veiculação de produções, promove a gestão do conhecimento, expõe virtualmente as produções, inteciona a preservação digital, realiza cópias de segurança e migrações, controla os direitos de acesso e supervisiona o autoarquivamento a partir do DSpaceDirect, e, finalmente, atribui funções de uso específicas aos usuários.

 

Palavras-chave: Dspace. Software livre. Repositório institucional. Biblioteca digital.

 

Link: https://periodicos.unb.br/index.php/RICI/article/view/31160

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Percia França, Biblioteca do Senado Federal

Senado Federal, Biblioteca, Brasília, DF, Brasil.

Denise Oliveira de Araújo, Tribunal de Contas da União.

Tribunal de Contas da União, Brasília, DF, Brasil.

Márcio Bezerra da Silva, Universidade de Brasília

Universidade de Brasília, Faculdade de Ciência da Informação Brasília, DF, Brasil.

Publicado

2020-12-27

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos