Redes de conhecimento como estratégia de inovação na industrial alimentícia: um estudo de caso na Danilla Foods

Autores

  • Carlos Francisco Bitencourt Jorge Universidade de Marília
  • Marta Lígia Pomim Valentim Universidade Estadual Julio de Mesquita Filho
  • Michael J. D. Sutton Universidade McGill

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2020v15n4.56675

Resumo

Considerar as redes de conhecimento no contexto organizacional pode possibilitar um melhor aproveitamento das informações e conhecimentos enquanto recursos na organização. Com isso, a gestão desses recursos pode ser melhor realizada. Dessa forma, as organizações devem considerar o processo de mapear as suas fontes informacionais e fluxos de informacionais como base estruturante para a construção de novos conhecimentos organizacionais.  Mapear redes de conhecimento em cenários com pouca percepção quanto a importância do conhecimento enquanto recurso, possibilita evidenciar desses recursos. As indústrias estão submersas a um grande número de informações e conhecimentos, porém, não possuem em sua cultura a valorização e uso do conhecimento e da informação. Com isso, torna-se importante os sujeitos que compõe essas organizações, bem como as suas relações nos processos que envolvam o conhecimento e informações. A pesquisa foi realizada na Danilla Foods, uma indústria que possui como essência de seu negócio a construção de novos produtos, ou seja, por meio de inovações, uma vez que sua manufatura é externalizada para uma empresa terceira.  Dessa maneira, compreender a sua rede de conhecimento, bem como construir um sociograma da situação das relações, torna-se fontes chaves para o sucesso no processo de inovação da indústria. Após análise e construção do sociograma identificou-se que informações e conhecimentos estão centralizados em poucos indivíduos. Essa situação chama atenção, uma vez que existem poucos processos no contexto da indústria que que permite o compartilhamento em massa do compartilhamento e informação, podendo assim comprometer a construção de conhecimento de maneira estruturada.

 

Palavras-chave: Redes de Conhecimento. Conhecimento. Informação. Inovação. Indústria.

 

Link: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/52248

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Francisco Bitencourt Jorge , Universidade de Marília

Professor na Universidade de Marília (Unimar)

Marta Lígia Pomim Valentim, Universidade Estadual Julio de Mesquita Filho

Professora no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Universidade Estadual Julio de Mesquita Filho, Brasil.

Michael J. D. Sutton, Universidade McGill

Ph.D. Escola de Estudos da Informação da Universidade McGill. Anaheim University, Estados Unidos. ORCID https://orcid.org/0000-0002-6946-5047. E-mail:michaeljdsutton@gmail.com

Publicado

2020-12-21

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos