Competências dos bibliotecários na gestão dos dados de pesquisa

Autores

  • Luana Farias Sales Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Luis Fernando Sayão Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Ana Maria Neves Maranhão Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Geisa Meirelles Drumond Universidade Federal Fluminense
  • Maria Helena Ferreira Xavier da Silva Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2020v15n4.56711

Resumo

No cenário científico contemporâneo, a geração e o uso intensivos de dados de pesquisa demandam modelos inovadores de gestão, que, por sua vez, implicam a necessidade de novas competências para a implementação de infraestruturas informacionais voltadas para dados. Os bibliotecários desempenham papel importante nos serviços de gestão de dados, fato que reforça a necessidade de desenvolvimento de competências que otimizem as suas ações neste domínio. Isto significa melhorar as habilidades dos bibliotecários no apoio aos pesquisadores, na implantação de infraestruturas de serviços e de letramento, no desenvolvimento de metodologia para o compartilhamento e reúso de dados, entre outros requisitos. Tomando como metodologia a literatura da área, o estudo analisa o papel dos bibliotecários e as competências necessárias para atuação deste profissional na gestão de dados de pesquisa, delineando um perfil profissional do bibliotecário de dados e contribuindo para o debate sobre o tema na área da ciência da informação.

 

Palavras-chave: Gestão de dados. Bibliotecários de dados. Competência dos bibliotecários.

 

Link: http://revista.ibict.br/ciinf/issue/view/279

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Farias Sales, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Ciência da Informação pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
(IBICT) - Rio de Janeiro, RJ – Brasil. Professora do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação
(PPGCI), convênio Universidade Federal do Rio de Janeiro e Instituto Brasileiro de Informação em Ciência
e Tecnologia (UFRJ/Ibict) - Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
http://lattes.cnpq.br/9090064478702633

Luis Fernando Sayão, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – RJ - Brasil.
Tecnologista da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) - Rio de Janeiro, RJ – Brasil.
http://lattes.cnpq.br/3422623122948389

Ana Maria Neves Maranhão, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – RJ - Brasil.
Tecnologista em Saúde Pública da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) – RJ - Brasil.
http://lattes.cnpq.br/7799948092338204

Geisa Meirelles Drumond, Universidade Federal Fluminense

Mestrado profissional em Sistemas de Gestão pela Universidade Federal Fluminense (UFF) – RJ - Brasil.
Bibliotecário da Universidade Federal Fluminense (UFF) – RJ - Brasil.
http://lattes.cnpq.br/8328518400614172

Maria Helena Ferreira Xavier da Silva, Universidade Federal Fluminense

Mestrado profissional em andamento em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Estado do Rio de
Janeiro (Unirio) - Brasil. Especialização em Gestão de Bibliotecas Públicas pela A Vez do Mestre (AVM) -
Brasil. Bibliotecária da Universidade Federal Fluminense (UFF) – RJ – Brasil.
http://lattes.cnpq.br/3611065343670410

Publicado

2020-12-21

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos