Reflexões biblioteconômicas no serviço de referência em arquivos permanentes

Autores

  • Adrianne Bragato Ministério Público do Estado de Goiás
  • Enderson Medeiros Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2020v15n4.56808

Resumo

O artigo trata sobre a aplicabilidade da teoria biblioteconômica do serviço de referência ao contexto dos arquivos permanentes, fazendo uma revisão de literatura tanto nas teorias referentes ao serviço de referência como nas teorias que tratam sobre o arquivo permanente e do serviço de referência que é prestado neste tipo de arquivo. Aborda ainda a questão da necessidade da existência de um profissional especializado no serviço de referência para atuação nos arquivos permanentes como forma de garantir o desenvolvimento do serviço de referência em arquivos permanentes e melhorar a qualidade no atendimento de demandas informacionais dos usuários. Trabalha, ainda, questões complementares, mas imprescindíveis para a estruturação do serviço de referência em arquivos permanentes como o estudo de usuário e a formação de usuário. Por fim, mostra como a adaptação e aplicação da teoria sobre serviço de referência desenvolvida pela biblioteconomia pode contribuir para a melhoria do atendimento aos usuários que frequentam arquivos permanentes e aponta ações práticas e objetivas que devem ser tomadas para que as teorias e práticas do serviço de referência sejam adotadas nos arquivos permanentes com sucesso.

 

Palavras-chave: Arquivo Permanente. Serviço de referência. Arquivista de referência. Estudo de usuário. Formação de usuário. Biblioteconomia.

 

Link: https://periodicos.furg.br/biblos/article/view/8718

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adrianne Bragato, Ministério Público do Estado de Goiás

Analista em Biblioteconomia no Ministério Público do Estado de Goiás. Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Goiás (UFG) (2008). Especialista em Gestão da Informação e Tecnologias da Informação pela Faculdade Sul Americana (FASAM) (2017).

Enderson Medeiros, Universidade Federal de Goiás

Graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal de Goiás (2006). Especiliazação em História Cultural pela Universidade Federal de Goiás (2010). Mestrado em História pela Universidade Federal de Goiás (2016). Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase em Processos de Disseminação da Informação, atuando principalmente nos seguintes temas: educação, memória, gestão pública, arquivos permanentes, biblioteca e história.

Publicado

2020-12-27

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos