Fatores influenciadores da inovação em bibliotecas públicas acadêmicas

Autores

  • Keila Fernanda de Souza Cruz
  • Glauco Henrique de Sousa Mendes

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2020v15n4.56882

Resumo

Para que as bibliotecas acadêmicas permaneçam relevantes para seus usuários e possam cumprir suas funções como centros de informação nas Universidades, elas precisam inovar para criar serviços que atendam a essas necessidades. A inovação permite que bibliotecas criem novos serviços ou melhorem os serviços já existentes para a sua comunidade de usuários. No entanto, a inovação é um processo complexo e diversos fatores podem influenciar ou inibir o processo de inovação em bibliotecas. Este trabalho tem o objetivo de caracterizar as inovações desenvolvidas pelas bibliotecas acadêmicas (pertencentes às universidades federais e estaduais no Brasil) e os fatores que as influenciam. Deste modo, buscou-se identificar os fatores antecedentes e os consequentes da inovação em bibliotecas. Para consecução dos objetivos, adotou-se a pesquisa de levantamento do tipo survey (abordagem quantitativa). A execução foi realizada em três etapas: i) a pesquisa bibliográfica para a fundamentação teórica; ii) a pesquisa de levantamento para a coleta de dados e iii) tratamento e análise dos dados. Para a coleta dos dados foi aplicado um questionário eletrônico enviado por e-mail para os diretores das bibliotecas de 98 universidades públicas (federais e estaduais). Ao final, obteve-seuma amostra composta de 151 respondentes. Os resultados possibilitaram caracterizar as inovações desenvolvidas pelas bibliotecas. Apesar de criação de serviços inovadores, a maioria das bibliotecas implementa pequenas adaptações e versões melhoradas nos serviços existentes, indicando a predominância de inovações incrementais. Quanto aos fatores influenciadores: Liderança, Cultura e Clima, o Papel dos Servidores e a Cocriação são importantes antecedentes da inovação em bibliotecas. Por outro lado, fatores como processo e recursos possuem uma influência menor. Os resultados também indicam que a cocriação, principalmente dos servidores de linha de frente, é uma importante preditora da inovação. Gestores de bibliotecas podem utilizar os achados da pesquisa paraaumentar a eficácia dos processos de inovação. Como consequência, os resultados indicam a contribuição das inovações na melhoria da imagem e satisfação dos usuários das bibliotecas.

 

Palavras-chave: Inovação. Inovação em Serviços. Cocriação. Biblioteca Acadêmica.

 

Link: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/biblio/article/view/55770/31763

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Keila Fernanda de Souza Cruz

Mestrado profissional em Gestão de Organizações e Sistemas Públicos -Universidade Federal de São Carlos-UFSCAR.

Glauco Henrique de Sousa Mendes

Orientador Doutor em Engenharia de Produção Professor do PPGEP – UFSCar e do PPGOSP - UFSCar.

Publicado

2020-12-22

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos