Biblioterapia: das dissertações e teses aos cursos de Biblioteconomia no Brasil

Autores

  • Mariza Inês da Silva Pinheiro Universidade Federal do Mato Grosso
  • Daniela Duarte Ramires Universidade Federal do Rio Grande

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-0695.2020v15n4.56978

Resumo

O estudo objetiva identificar na literatura científica brasileira (teses e dissertações), os enfoques dados à biblioterapia, sob o viés da Biblioteconomia e da Ciência da Informação e também verificar a existência da disciplina Biblioterapia nos cursos de Biblioteconomia do Brasil. A pesquisa ocorreu entre setembro a novembro de 2018, em dois momentos: primeiro momento foi analisado os documentos (teses e disser-tações) recuperados na busca da base de dados BDTD/IBICT com o tema biblioterapia, em segundo mo-mento, realizou-se um levantamento sobre as 36 universidades brasileiras que possuem o curso de Biblio-teconomia e entre essas quantas oferecem a disciplina de biblioterapia como opção nos Quadros de Se-quência Lógica (QSL) dos cursos. Foram encontradas entre teses e dissertações 14 itens em diversas áreas do conhecimento, sendo assim optou-se em analisar os sete documentos no qual as áreas abrangentes são: Biblioteconomia, Ciência da Informação e Gestão da Informação. Observou-se que não existe uma única área de conhecimento responsável pela biblioterapia, pois a mesma trata-se de uma atividade mul-tidisciplinar.Constatou-se quesomente uma universidade disponibiliza a disciplina de biblioterapia como uma opção de agregar conhecimentos aos discentes interessados nesse campo de atuação.

 

Palavras-chave: Biblioterapia. Bibliotecário. Cursos de Bacharel em Biblioteconomia.

 

Link: https://www.seer.ufal.br/index.php/cir/article/view/8043/7412

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2020-12-23

Edição

Seção

Resumos de artigos científicos