O “TRABALHO FORMAL”/NEGÓCIOS ENTRE OS CIGANOS – encontros e desencontros

Autores

  • Maria Patrícia Lopes Goldfarb Universidade Federal da Paraíba
  • José Aclécio Dantas UFPB

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1517-5901.0v51n0.45161

Resumo

Este artigo apresenta resultados de pesquisas sobre grupos ciganos, com foco nas formas de trabalho exercidas pelos mesmos, ao identificarmos a ausência de estudos que retratassem a inserção de ciganos no mercado de trabalho, especialmente os da etnia Calon. Visando suprir lacunas existentes na produção acadêmica acerca desses grupos étnicos, buscamos identificar, através dos discursos proferidos a respeito dos ciganos, como se categoriza “trabalho formal” e levantar as categorias nativas que são acionadas, gerando uma distinção entre trabalho /negócio. O recorte metodológico é de caráter descritivo e exploratório e constituiu-se numa pesquisa bibliográfica com levantamento dos dados empíricos em várias dissertações e teses, com ênfase nas pesquisas etnográficas. 

Biografia do Autor

Maria Patrícia Lopes Goldfarb, Universidade Federal da Paraíba

CCHLA/Departamento de Ciências Sociais

José Aclécio Dantas, UFPB

Mestre em Serviço Social

Publicado

2020-05-13

Como Citar

Goldfarb, M. P. L., & Dantas, J. A. (2020). O “TRABALHO FORMAL”/NEGÓCIOS ENTRE OS CIGANOS – encontros e desencontros . REVISTA DE CIÊNCIAS SOCIAIS - POLÍTICA &Amp; TRABALHO, 51, 145–163. https://doi.org/10.22478/ufpb.1517-5901.0v51n0.45161