EMERGÊNCIAS ODONTOLÓGICAS EM DOR NO PEITO

  • José Nunes CARNEIRO NETO Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Feira de Santana/BA, Brasil.

Resumo

Objetivo: este trabalho consiste numa revisão atualizada da literatura, objetivando o embasamento científico relevante para emergências odontológicas em dor no peito para pacientes que apresentem um quadro de angina de peito ou infarto agudo do miocárdio. Material e Métodos: foi realizado um levantamento de artigos na língua portuguesa nas bases de dados do Google Scholar, utilizando-se a temática “emergência odontológica em dor no peito” no período de 2006 a março de 2014, resultando-se em 16 artigos científicos. Resultados: nove dos estudos apontam que os cirurgiões-dentistas do serviço público ou privado sentem-se despreparados defronte as emergências odontológicas, dessa forma julgam não ser capazes de intervir mesmo em situações não raras como da angina de peito e do infarto agudo do miocárdio relacionado à ansiedade de pacientes idosos, implicando em deveres legais. Conclusão: as emergências odontológicas em dor no peito como angina de peito e infarto agudo do miocárdio são competência e responsabilidade obrigatória do cirurgião-dentista saber definir, diagnosticar, prevenir e tratar estas emergências na clínica odontológica evitando imputações civis e criminais. DESCRITORES Dor no Peito. Emergências. Assistência Odontológica.

Biografia do Autor

José Nunes CARNEIRO NETO, Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Feira de Santana/BA, Brasil.
Departamento de Saúde Área de Odontologia
Publicado
2016-04-07
Como Citar
CARNEIRO NETO, J. N. (2016). EMERGÊNCIAS ODONTOLÓGICAS EM DOR NO PEITO. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 20(1), 79-84. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/rbcs/article/view/18889
Seção
Revisão