CORRELAÇÃO ENTRE ATIVIDADE FÍSICA, REPOUSO, RISCOS CARDIOVASCULARES E OBESIDADE EM CRIANÇAS

  • Verônica Zavagli SOUZA
  • Marília Daniela Miqueti RENEIS
  • Meiriele Oliveira DALBELLO
  • Lucas Moreira GONÇALVES
  • Tiago Marques de REZENDE
  • Autran José SILVA JÚNIOR Centro Universitário da Fundação Educacional de Guaxupé / UNIFEG

Resumo

Introdução: A vida moderna tem permitido facilidade, mas elevado a incidência de sedentarismo e obesidade em países desenvolvidos e inclusive no Brasil. Estudos têm determinado a relação horas de ociosidade e obesidade infantil, entretanto não em nossa região. Objetivo: investigar a prevalência de obesidade através dos indicadores em crianças de ambos os sexos na cidade de Guaxupé/MG e correlacionar com o tempo de atividade de repouso e física. Material e Métodos: 91 voluntários, ambos sexos, idade 9,6±1,4 anos, 38,9±9,7Kg, 1,4±01m estudantes do Colégio Dom Inácio/Guaxupé foram avaliados: peso corporal, IMC, %G, relação cintura/altura (RCA) e responderam questionário sobre atividades diárias. Resultados: para meninos e meninas, foram respectivamente: IMC peso ideal (70% e 56%), sobre peso (25% e 35%) e obesidade (5% e 9%); %G ótimo (87% e 46%), moderadamente alto (10% e 24%), alto (3% e 21%) e muito alto (0% e 9%); RCA normal (90% e 85%) e risco (10% e 145%). Valores médios±(DP) de atividades de repouso e físicas em horas/semana: TV (18,2±10,5 e 17,8±9,2), internet (12,2±11,8 e 11,8±10,5), estudo (18,5±10,2 e 17,8±12,1) e total (48,9±18,2 e 47,4±18,2). Atividades físicas lazer 20,6±11,9 e 18,5±11,4); esportes (1,6±1,5 e 1,5±1,4), Educação física (1,9±0,4 e 1,8±0,4) e total (24,1±12,0 e 21,8±11,6). Conclusão: observamos relação positiva entre sedentarismo com %G e RCA e concluímos que os voluntários neste estudo apresentam uma elevada incidência de tempo dispendido em atividades de repouso, representando um estilo de vida sedentário e contribuindo para o sobrepeso e obesidade. DESCRITORES Crianças. Estilo de Vida Sedentário. Obesidade.
Publicado
2016-06-28
Como Citar
SOUZA, V. Z., RENEIS, M. D. M., DALBELLO, M. O., GONÇALVES, L. M., REZENDE, T. M. de, & SILVA JÚNIOR, A. J. (2016). CORRELAÇÃO ENTRE ATIVIDADE FÍSICA, REPOUSO, RISCOS CARDIOVASCULARES E OBESIDADE EM CRIANÇAS. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 20(2), 107-114. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/rbcs/article/view/20771
Seção
Pesquisa