PERCEPÇÃO DOS CUIDADORES SOBRE AS ALTERAÇÕES DE DEGLUTIÇÃO CAUSADAS PELA DEMÊNCIA

  • Isabel Cristina Sabatini PEREZ-RAMOS Universidade de São Paulo -USP
  • Alexandre Carlos Rodrigues RAMOS Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA
  • Paula Carvalho Macedo Issa OKUBO Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.
  • Osvaldo Massaiti TAKAYANAGUI Universidade de São Paulo -USP

Resumo

Objetivo: Identificar o grau de conhecimento dos cuidadores e/ou familiares de pacientes com demência sobre a doença e as alterações de deglutição envolvidas por meio de questionário específico. Material e Métodos: Foram entrevistados 150 acompanhantes de pacientes com demência atendidos em um hospital público terciário. Foram realizadas questões acerca do conhecimento do cuidador sobre o diagnóstico de demência dos pacientes e da atuação fonoaudiológica nestes casos. Coletadas as informações, realizou-se a análise descritiva dos dados. Resultados: A demência de Alzheimer foi diagnosticada em 58,7% dos pacientes envolvidos na pesquisa. Os cuidadores eram, em 98% dos casos, familiares dos pacientes, 82,7% do gênero feminino, e 48,7% filhos; 52,7% dos cuidadores descreveram perda de memória como manifestação do quadro clínico do paciente que cuidavam; 56% dos entrevistados relataram conhecer a existência do profissional fonoaudiólogo, e 79,3% não sabiam em que o fonoaudiólogo poderia auxiliar na assistência do paciente com demência. Na percepção das alterações fonoaudiológicas 36,6% observavam comprometimento da deglutição. Conclusão: Os conhecimentos dos cuidadores, acerca da demência e das alterações de deglutição, foram precários. É essencial que os cuidadores recebam orientações específicas para identificar os sinais de alterações de deglutição e favorecer uma alimentação segura para o paciente e evitar complicações futuras como pneumonias aspirativas. DESCRITORES Demência. Alzheimer. Cuidadores. Alterações de deglutição. Fonoaudiologia.

Biografia do Autor

Isabel Cristina Sabatini PEREZ-RAMOS, Universidade de São Paulo -USP
Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Osvaldo Massaiti TAKAYANAGUI, Universidade de São Paulo -USP
Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Publicado
2016-06-28
Como Citar
PEREZ-RAMOS, I. C. S., RAMOS, A. C. R., OKUBO, P. C. M. I., & TAKAYANAGUI, O. M. (2016). PERCEPÇÃO DOS CUIDADORES SOBRE AS ALTERAÇÕES DE DEGLUTIÇÃO CAUSADAS PELA DEMÊNCIA. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 20(2), 127-132. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/rbcs/article/view/24552
Seção
Pesquisa