PET-SAÚDE: O IMPACTO DO PROGRAMA NA FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL MÉDICO

  • Narjara Fontes XAVIER Universidade Federal do Pará http://orcid.org/0000-0003-3951-9072
  • Julius Caesar Mendes Soares MONTEIRO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
  • Cezar Augusto Muniz CALDAS UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
  • Carla Andrea Avelar PIRES UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

Resumo

Introdução: O Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde), através do Ministério da Saúde e da Educação, visa qualificar e estimular a formação de profissionais que atendam as necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). A aproximação do estudante de Medicina com a sociedade, pela inserção do mesmo na atenção primária à saúde, através da integralização ensino-serviço-comunidade, é a base do programa, que também estímula a produção científica e a participação em congressos. Objetivo: Avaliar o impacto da vivência no programa PET-Saúde durante a graduação para a formação do profissional médico para o SUS. Material e Métodos: Foi realizado estudo observacional, transversal-analítico, com alunos do internato de um curso de graduação em Medicina (N=76), com amostragem por conveniência, utilizando-se questionário socioeducacional e avaliativo sobre o SUS, elaborado para este estudo pelos pesquisadores. Resultados: Houve tendência a maior publicação de artigos científicos pelos participantes do Programa (56,3% vs.31,8%, p=0,0581). A média de acertos nas questões de conhecimentos gerais sobre o SUS dos participantes do PET-Saúde foi maior que a dos não participantes (5,03±2,31 vs. 2,61±2,43, p<0,0001). Também se obteve maior média de acertos dentre aqueles que relataram interesse em trabalhar no SUS. Conclusão: Os alunos participantes do PET-Saúde apresentaram conhecimento superior sobre o SUS em relação aos alunos não participantes. DESCRITORES: Estudantes de Medicina. Sistema Único de Saúde. Educação Médica.

Biografia do Autor

Narjara Fontes XAVIER, Universidade Federal do Pará
MEDICA GRADUADA PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
Julius Caesar Mendes Soares MONTEIRO, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
Residente de Infectologia e Mestrando em Medicina da Universidade Federal do Pará, Belém-PA, Brasil.
Cezar Augusto Muniz CALDAS, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
Reumatologista; Doutor em Processos Imunes e Infecciosos; Professor do Centro Universitário do Estado do Pará e Professor-Adjunto da Universidade Federal do Pará, Belém-PA, Brasil.
Carla Andrea Avelar PIRES, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
Dermatologista; Doutora em doenças Tropicais. Professora-Adjunto da Universidade Federal do Pará e Universidade do Estado do Pará.
Publicado
2018-03-06
Como Citar
XAVIER, N. F., MONTEIRO, J. C. M. S., CALDAS, C. A. M., & PIRES, C. A. A. (2018). PET-SAÚDE: O IMPACTO DO PROGRAMA NA FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL MÉDICO. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 22(1), 37-44. https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2018v22n1.26911
Seção
Pesquisa