UMA PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA: INFLUÊNCIA DE UM PROGRAMA DE ATIVIDADE FÍSICA EM ÍNDICES DE SAÚDE

  • Valéria Cristina de FARIA
  • Guilherme Pereira OLIVEIRA
  • Thaynara Nathalie Carvalho ESTEVAM
  • Albená Nunes da SILVA
  • Afonso Timão SIMPLÍCIO
  • Guilherme de Azambuja PUSSIELDI

Resumo

Introdução: A prática regular de atividade física traz benefícios tanto na promoção de saúde quanto na prevenção e combate de doenças, o que se torna importante dentro de um ambiente de trabalho e na perspectiva de um plano de saúde. Objetivo: Avaliar a eficácia de um programa de intervenção com atividade física sobre os seguintes parâmetros de saúde: índice de massa corporal (IMC), índice de cintura quadril (ICQ), percentual de gordura corporal (%GC), percentual de massa magra (%MM), e perfil de estado de humor. Material e Métodos: Foram utilizados como instrumentos de avaliação o protocolo de dobras cutâneas de Faulkner e a Escala de Humor de Brunel. Trata-se de uma intervenção com duração de seis meses e frequência mínima de seis vezes ao mês, em 44 participantes do programa de atividade física e saúde, oferecido aos servidores públicos da UFV- Campus Florestal que possuem o plano de saúde Agros e seus dependentes. Na análise estatística foi utilizado o teste t pareado e um p ≤ 0,05. Resultados: Os resultados significativos foram: diminuição e aumento do %GC e %MM, respectivamente, para todos os grupos atendidos; diminuição no ICQ para o grupo de servidores aposentados (p = 0,032); diminuição da raiva para o grupo de servidores ativos (p = 0,044) e aposentados (p = 0,024); e aumento do vigor para os dependentes (p = 0,003). Conclusão: Diante da melhora dos parâmetros avaliados a intervenção se mostrou benéfica à saúde dos participantes, sendo positivo para o plano de saúde e para o trabalho. DESCRITORES Atividade Física. Intervenção. Saúde.
Publicado
2016-05-23
Como Citar
FARIA, V. C. de, OLIVEIRA, G. P., ESTEVAM, T. N. C., SILVA, A. N. da, SIMPLÍCIO, A. T., & PUSSIELDI, G. de A. (2016). UMA PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA: INFLUÊNCIA DE UM PROGRAMA DE ATIVIDADE FÍSICA EM ÍNDICES DE SAÚDE. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 1(1), 53-58. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/rbcs/article/view/28781