AVALIAÇÃO DO RISCO DE DESEQUILÍBRIO FISIOLÓGICO DURANTE SEMANAS SEGUIDAS DE TREINAMENTO RESISTIDO ATÉ A FALHA CONCÊNTRICA

  • Gabriel Câmara de Oliveira e SILVA
  • Cyntia Araújo TRINDADE
  • Rodrigo Montenegro WANDERLEY
  • Amanda Trindade PEREIRA
  • Ana Carla Lima de FRANÇA
  • Valter Azevedo PEREIRA

Resumo

Objetivo: Avaliar a ocorrência de desequilibro fisiológico em praticantes de exercício resistido de nível intermediário e avançado, durante quatro semanas seguidas de treinamento com falha concêntrica (TFC). Material a Métodos: Dez homens jovens (22,6±2,6 anos), sendo quatro de nível intermediário e seis avançados realizaram um protocolo de TFC com quatro ou cinco semanas, respectivamente. Foram oito exercícios por sessão, com peso para oito a doze repetições máximas (RM) em três séries com intervalo de um minuto entre séries e exercícios. Testes de variabilidade dos intervalos RR de frequência cardíaca, estado de humor (POMS) e coletas sanguíneas para análise de creatinoquinase (CK) e malondialdeído (MDA) foram realizadas antes do treinamento e ao início de cada semana ao longo do protocolo de treinamento. Os dados foram tratados por ANOVA one way. Resultados: Nenhum dos grupos apresentou sintomas de overtraining após o período de TFC, entretanto, o grupo intermediário apresentou alteração na Atividade Nervosa Autonômica, o desvio padrão de intervalo RR aumentou em relação aos valores pré-intervenção na segunda semana de treinamento, e houve aumento da dimensão de fadiga do POMS na terceira semana. Os marcadores CK e MDA não sofreram alterações significativas ao longo do período de treinamento. Conclusão: praticantes de nível intermediário e avançado suportam quatro ou cinco semanas de TFC sem alterações em marcadores de overtraining. DESCRITORES Overtraining. Falha Concêntrica. Treinamento de Resistência.
Publicado
2016-05-23
Como Citar
SILVA, G. C. de O. e, TRINDADE, C. A., WANDERLEY, R. M., PEREIRA, A. T., FRANÇA, A. C. L. de, & PEREIRA, V. A. (2016). AVALIAÇÃO DO RISCO DE DESEQUILÍBRIO FISIOLÓGICO DURANTE SEMANAS SEGUIDAS DE TREINAMENTO RESISTIDO ATÉ A FALHA CONCÊNTRICA. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 1(1), 67-74. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/rbcs/article/view/28783