ESTADO NUTRICIONAL E FATORES ASSOCIADOS EM ADOLESCENTES DE CAMPO GRANDE (MS)

  • Cristina Correa Da Silva LUBAS Graduanda em Nutrição, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande, Mato Grosso do Sul/Brasil.
  • Marjorie Cristina Caliani De QUEIROZ Graduanda em Nutrição, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande, Mato Grosso do Sul/Brasil.
  • Giovana Eliza PEGOLO Docente Doutora do Curso de Nutrição, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campo Grande, Mato Grosso do Sul/Brasil. http://orcid.org/0000-0003-2636-2547

Resumo

Objetivos: Avaliar o estado nutricional e fatores associados em adolescentes. Materiais e métodos: Estudo transversal com adolescentes (14 anos) de uma escola pública de Campo Grande (MS). As variáveis investigadas foram: classificação econômica; estado nutricional; atividade física; ingestão de energia, macro e micronutrientes e hábitos alimentares. Resultados: Participaram do estudo 50 adolescentes (62%, sexo feminino). Destes, 26% apresentaram excesso de peso (26,3% − meninos; 25,8% − meninas). A prática de atividade física foi mencionada por 100% dos meninos e por 77,4% das meninas. Não houve diferença significativa (p<0,05) entre estado nutricional e prática de atividade física. Em relação ao consumo de energia, 34% apresentaram consumo acima da Necessidade Estimada de Energia. Elevado percentual de adolescentes apresentaram reduzida ingestão de lipídeos (61,7%), cálcio (55,3%), fibras (80,9%) e vitamina A (93,6%) e 34% dos adolescentes consumiram sódio acima do limite tolerável. Reduzida proporção de adolescentes relataram consumo diário de frutas (12%) e salada crua (18%). Porém, 30% relataram consumo diário de doces e 36% consumo de refrigerantes de 3 a 4 vezes/semana. Conclusões: A proporção de adolescentes com excesso de peso mostrou-se expressiva. A atividade física insuficiente, aliada a ingestão inadequada de energia e nutrientes, pautada por hábitos alimentares prejudiciais, evidenciam fatores de risco para Doenças Crônicas Não Transmissíveis com instalação precoce. DESCRITORES Adolescente. Atividade física. Cálcio. Consumo de alimentos. Estado nutricional.
Publicado
2016-11-23
Como Citar
LUBAS, C. C. D. S., QUEIROZ, M. C. C. D., & PEGOLO, G. E. (2016). ESTADO NUTRICIONAL E FATORES ASSOCIADOS EM ADOLESCENTES DE CAMPO GRANDE (MS). Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 21(1), 67-76. https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2017v21n1.29087
Seção
Pesquisa