[ID 32173] AVALIAÇÃO DE RESULTADOS DA ASSISTÊNCIA EM SAÚDE MENTAL POR USUÁRIOS

  • Mônica Silva de Bessa Egresso do Curso de Graduação em Enfermagem, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Caicó-RN
  • João de Deus de Araújo Filho Egresso do Curso de Graduação em Enfermagem, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Caicó-RN
  • Dulcian Medeiros de Azevedo Professor do Curso de Graduação em Enfermagem, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Caicó-RN
  • Marina de Góes Salvetti Professora da Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo-SP
  • Gilson de Vasconcelos Torres Professor do Departamento de Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal-RN

Resumo

Objetivo: avaliar os resultados da assistência em saúde de um centro de atenção psicossocial (CAPS). Metodologia: estudo avaliativo, com delineamento não experimental, realizado num CAPS I do oeste potiguar, entre os meses de março e abril de 2014. Foram entrevistados 32 usuários do serviço, com aplicação de instrumento de pesquisa desenvolvido pelos autores, a partir de quatro domínios: autonomia, relacionamento, volição e crises. Dados analisados por meio de estatística descritiva. Resultados: Os usuários predominantes eram homens (56,3%), com idade entre 34 e 43 anos (40%), casados (87,5%), ensino fundamental I incompleto (50%), moradores da zona urbana (65%). O transtorno de humor e/ou afetivo foi o diagnóstico principal, sendo 57,1% entre as mulheres. Recebiam tratamento entre sete e oito anos no CAPS pesquisado (49,3%), compareciam ao serviço duas vezes por semana (46,5%). Referiram internamento hospitalar a menos de um ano (9,4%). Os domínios para avaliação dos resultados da assistência obtiveram melhoras após o tratamento no CAPS, com destaque para “Crises” (78,1%) e “Relacionamento” (71,9%). A avaliação de serviços de saúde mental por usuários é um mecanismo que pode contribuir para sua autonomia, gestão do cuidado e do serviço. Conclusão: Os resultados da assistência em saúde foram positivos em todos os domínios avaliados. O serviço pesquisado possui fragilidades no tocante ao fluxo de atendimento do usuário, participação familiar, condução da agenda terapêutica, implementação de projeto terapêutico singular e ampliação de atividades extramuros. Descritores: Avaliação de Serviços de Saúde. Avaliação de Resultados da Assistência ao Paciente. Serviços de Saúde Mental. Saúde Mental.

Biografia do Autor

Mônica Silva de Bessa, Egresso do Curso de Graduação em Enfermagem, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Caicó-RN
Curso Graduação Enfermagem, Campus Caicó/UERN
João de Deus de Araújo Filho, Egresso do Curso de Graduação em Enfermagem, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Caicó-RN
Curso Graduação Enfermagem, Campus Caicó/UERN
Dulcian Medeiros de Azevedo, Professor do Curso de Graduação em Enfermagem, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Caicó-RN
Curso Graduação Enfermagem, Campus Caicó/UERN
Marina de Góes Salvetti, Professora da Escola de Enfermagem, Universidade de São Paulo (USP), São Paulo-SP
Escola de Enfermagem da USP, São Paulo-SP
Gilson de Vasconcelos Torres, Professor do Departamento de Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal-RN
Departamento de Enfermagem, Campus Central, Natal-RN
Publicado
2019-03-21
Como Citar
Bessa, M. S. de, Araújo Filho, J. de D. de, Azevedo, D. M. de, Salvetti, M. de G., & Torres, G. de V. (2019). [ID 32173] AVALIAÇÃO DE RESULTADOS DA ASSISTÊNCIA EM SAÚDE MENTAL POR USUÁRIOS. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 23(1). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2019v23n1.32173
Seção
Pesquisa