CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO PERMANENTE PARA QUALIFICAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM UM HOSPITAL PÚBLICO.

  • Carina Maria ALVES Hospital Municipal de Contagem
  • Edson Ricardo Oliveira FERREIRA Hospital Municipal de Contagem
  • Joyce Carvalho XAVIER Hospital Municipal de Contagem
  • Ana Carolina Micheletti Gomide Nogueira de SÁ Hospital Municipal de Contagem

Resumo

Objetivo: Analisar as concepções dos profissionais de enfermagem em relação à educação permanente e o quanto esse setor contribuiu para a qualificação das suas ações. Metodologia: Pesquisa qualitativa e quantitativa, descritiva e exploratória, realizada com 113 profissionais de enfermagem em um hospital público na região metropolitana de Belo Horizonte. A coleta de dados ocorreu no período de março a julho de 2016, por meio de questionário semiestruturado. Os dados foram tabulados no Microsoft Excel, versão Office Professional Plus 2010 e analisados de acordo com a análise de conteúdo temática. Resultados: 47% dos participantes responderam que a educação permanente tem como função promover aperfeiçoamento e 27% melhorar a assistência prestada aos pacientes. 100% a apontaram como parte fundamental do trabalho. A motivação para participar das atividades de educação permanente, para 98% dos participantes foi a necessidade de aprendizagem e aprimoramento e quanto aos fatores que dificultaram a participação, 56% se referiram a sobrecarga de trabalho. Conclusão: A partir das respostas dos participantes, foi possível perceber que a educação permanente trouxe contribuições quanto aos processos de atualização e capacitação dos profissionais, auxiliando nas atividades que favorecessem o aprendizado, troca de experiências, saberes e reflexão dos processos de trabalho. Constatou-se ainda que a equipe de enfermagem reconhece a importância da educação permanente para a qualificação das suas ações. Em conformidade com a literatura, também foi evidenciado nesse estudo que a sobrecarga de trabalho, cargas horárias exaustivas e falta de recursos materiais dificultaram a participação dos profissionais nas atividades de educação permanente. DESCRITORES: Educação Continuada. Equipe de enfermagem. Educação em saúde.

Biografia do Autor

Carina Maria ALVES, Hospital Municipal de Contagem
Enfermeira, Residente do programa de residencia multiprofissional em Urgência e Trauma do Hospital Municipal de Contagem
Edson Ricardo Oliveira FERREIRA, Hospital Municipal de Contagem
Enfermeiro, Residente do programa de residencia multiprofissional em Urgência e Trauma do Hospital Municipal de Contagem
Joyce Carvalho XAVIER, Hospital Municipal de Contagem
Enfermeira, Residente do programa de residencia multiprofissional em Urgência e Trauma do Hospital Municipal de Contagem
Ana Carolina Micheletti Gomide Nogueira de SÁ, Hospital Municipal de Contagem
Enfermeira, Mestre em Ciências da saúde: Infectologia e Medicina Tropical (UFMG), Especialista em enfermagem em Urgência e Trauma (PUC/MG), Enfermeira (Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix), Tutora do Programa de Residência Multiprofissional do Hospital Municipal de Contagem
Publicado
2018-03-06
Como Citar
ALVES, C. M., FERREIRA, E. R. O., XAVIER, J. C., & de SÁ, A. C. M. G. N. (2018). CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO PERMANENTE PARA QUALIFICAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM EM UM HOSPITAL PÚBLICO. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 22(1), 91-98. https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2018v22n1.32575
Seção
Pesquisa