[ID 32804] DETERMINANTES E CONDIÇÕES DE SAÚDE BUCAL EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS

  • Ellem Caregnato
  • Laura Simonatto
  • Deison Lucietto

Resumo

A saúde bucal de indivíduos com necessidades especiais depende em grande parte dos pais, dos responsáveis e de cuidados oferecidos em serviços educacionais e de saúde. Objetivo: descrever os hábitos alimentares, os cuidados em saúde bucal e o índice CPO-D de crianças e adolescentes matriculados nas APAEs dos Municípios de São Domingos/SC e Xaxim/SC. Resultados: Participaram da pesquisa todos os 35 alunos com idades entre 5 e 17 anos, com Síndrome de Down, Síndrome do X-frágil, Síndrome de West e Paralisia Cerebral. Foram utilizados questionários direcionados aos pais ou responsáveis e realizados exames bucais para verificar biofilme visível e o ataque da doença cárie. Foi identificado que existe grande preferência por alimentos e bebidas doces e elevado consumo após ou entre as refeições. Os pais relataram dificuldades para realizar a higiene bucal. Ocorreram limitações no uso do fio dental e no número e qualidade das escovações, comprovados pela grande quantidade de biofilme em todos os examinados. O CPO-D na faixa dos 12 aos 17 anos variou de 0 a 7, com média de 3,3. Conclusão: Os achados apontam para a necessidade de abordagem conjunta entre os familiares, os pacientes, as escolas e os serviços odontológicos com vistas à promoção de melhores condições de saúde bucal às crianças e adolescentes com necessidades especiais. Descritores: Saúde bucal. Criança excepcional. Higiene bucal. Hábitos alimentares. Índice CPO. Pais.
Publicado
2019-07-05
Como Citar
Caregnato, E., Simonatto, L., & Lucietto, D. (2019). [ID 32804] DETERMINANTES E CONDIÇÕES DE SAÚDE BUCAL EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM NECESSIDADES ESPECIAIS. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 23(2). https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2019v23n2.32804
Seção
Pesquisa