PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO: PRINCIPAIS AVANÇOS E DESAFIOS

  • Carla Mousinho LUCENA Universidade Federal da Paraíba
  • Ana Paula Rocha MIRANDA UFPB
  • Pablo Leonid Carneiro LUCENA UFPB
  • Patrícia Barreto CAVALCANTI UFPB
  • Saionara Ferreira SANTOS UFPB

Resumo

Objetivo: Investigar o desenvolvimento do processo de implementação da Residência Multiprofissional em um hospital universitário. Material e Métodos: Pesquisa de natureza exploratória com caráter quali-quantitativo. Foram utilizados como instrumentos de coleta de dados: levantamentos documentais e bibliográficos e a aplicação de questionário junto aos preceptores e tutores do Programa. Os dados foram analisados a partir da literatura empreendida para consecução da pesquisa. Resultados: 89%(18) da amostra foi constituída por preceptores e 11%(3) tutores. Os participantes mencionaram que o processo de implementação foi permeado por dificuldades, dentre elas: a estrutura organizacional do Programa; o número de profissionais responsáveis por garantir o acompanhamento dos residentes; a ausência de normas e rotinas claras e eficientes; a crise enfrentada pelos HUs, a qual pôde ser constatada pelo alto índice de profissionais terceirizados, pela escassez de recursos humanos e materiais, além dos problemas infraestruturais; o envelhecimento dos profissionais da instituição; e a inexistência de integração entre a Residência Multiprofissional e a Residência Médica. Todavia, segundo os mesmos, foi possível avançar incitando a construção de uma nova concepção de trabalho em saúde, principalmente devido à contribuição do Projeto Terapêutico Singular, da realização de atividades de cunho educativo e da realização de práticas com valorização da intersetorialidade e integralidade. Conclusão: Considera-se que a experiência analisada projetou avanços importantes, pois engendrou ações de educação em saúde, intersetorialidade e reorganização de ações nas práticas profissionais. Contudo, ainda não conseguiu modificar os processos de trabalho, cuja ruptura exige um projeto articulado entre as distintas profissões e cooperação da gestão hospitalar. DESCRITORES Recursos Humanos.Capacitação Profissional.Educação Continuada.

Biografia do Autor

Carla Mousinho LUCENA, Universidade Federal da Paraíba
Mestra em Serviço Social pela UFPB (2015). Especialista em Residência Integrada Multiprofissional em Saúde pela UFPB (2012). Pesquisadora do Setor de Estudos e Pesquisas em Saúde e Serviço Social – SEPSASS.
Ana Paula Rocha MIRANDA, UFPB
Doutora em Serviço Social - PUC/SP, professora Adjunto III do Departamento de Serviço Social e docente da Programa de Pós-Graduação em Serviço Social - UFPB, membro do grupo de Pesquisa em Saúde e Serviço Social (SEPSASS).
Pablo Leonid Carneiro LUCENA, UFPB
Enfermeiro do Hospital Universitário Lauro Wanderley, Mestrando pelo Programa de Pós-Graduação em enfermagem pela UFPB.
Patrícia Barreto CAVALCANTI, UFPB
Doutorado em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). Mestre em Serviço Social pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB (1991). Bolsista de Produtividade do CNPQ Nível 2. Coordenadora e líder do Setor de Estudos e Pesquisas em Saúde e Serviço Social – SEPSASS. Professora Associada IV da UFPB.
Saionara Ferreira SANTOS, UFPB
Assistente Social do Hospital Universitário Lauro Wanderley, Mestra pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião UFPB (2011), Especialista em Gestão de Hospitais Universitário Federais no SUS, pelo Instituto Sírio Libanês (2015).
Publicado
2018-04-13
Como Citar
LUCENA, C. M., MIRANDA, A. P. R., LUCENA, P. L. C., CAVALCANTI, P. B., & SANTOS, S. F. (2018). PROCESSO DE IMPLEMENTAÇÃO DA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL EM SAÚDE EM UM HOSPITAL UNIVERSITÁRIO: PRINCIPAIS AVANÇOS E DESAFIOS. Revista Brasileira De Ciências Da Saúde, 22(3), 267-276. https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6032.2018v22n3.33079
Seção
Pesquisa